• Traficantes utilizavam uma ambulância com meia tonelada de maconha. O veículo cortava o trânsito com sirene ligada.



    Policiais da 14ª DP (Leblon) apreenderam uma ambulância que transportava 470 tabletes de maconha, totalizando aproximadamente meia tonelada da droga, na Rodovia Presidente Dutra, na altura de Seropédica, na Baixada Fluminense, na madrugada desta quarta-feira, dia 30. No veículo, estava um homem com uniforme de uma empresa de serviço de remoção e transporte de pacientes. Um Renault Logan utilizado como escolta, onde estavam outros dois homens, também foi interceptado. Todos foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

    De acordo com a delegada Natacha Alves de Oliveira, titular da 14ª DP, uma investigação em andamento no Núcleo de Inteligência da distrital mostra que as drogas seriam trazidas de São Paulo para abastecer as favelas da Zona Sul do Rio:

    De acordo com as nossas investigações, esses criminosos transportam drogas em ambulância justamente para despistar o trabalho da polícia. Há informações de que eles não são ligados a uma facção específica, mas atuam no fornecimento para comunidades sob o domínio de diversos grupos criminosos.

    Ainda segundo o inquérito, Alex Evangelista Mendes da Silva, de 43 anos, que estava no banco do carona do Logan, é proprietário de três empresas do setor de saúde — de serviços em geral, de resgate e remoções de pacientes e de uma clínica de reabilitação especializada em dependência química e alcoolismo. O carro foi alugado por R$ 167,20 no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, às 8h desta terça-feira, dia 29, e tinha previsão de ser entregue no mesmo horário nesta manhã.

    Foram presos ainda Rogério Rodrigues de Oliveira, de 39 anos, e Pedro Henrique dos Santos Perrella, de 26. Levados para a delegacia, os três homens ficaram em silêncio.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook