• Arraiá da Escola de Artes é sucesso em São Pedro da Aldeia.


    O mês de junho começou em clima de celebração e alegria na Escola de Artes Municipal Diretora Luiza Maria Leal Mendes com o tradicional Arraiá. Promovida pela Secretaria Municipal de Cultura, a festa junina lotou o estacionamento da unidade reunindo estudantes, servidores, familiares e amigos. 



    A programação contou com show da banda Brasilidade e apresentações dos alunos das oficinas de Ballet, Dança de Salão e Teatro, além de brincadeiras e barracas de comidas típicas.


    O prefeito Fábio do Pastel também marcou presença e aproveitou a oportunidade para falar aos pais e servidores presentes. “Quero parabenizar o Thiago e toda a sua equipe da Secretaria de Cultura e da Escola de Artes. Fiquei bem surpreso com a quantidade de pessoas prestigiando essa festa e feliz com cada pai e cada mãe que eu vi aqui fazendo vídeo do seu filho. É muito importante vocês valorizarem esse momento deles. A equipe da Escola é maravilhosa e vocês conseguiram fazer uma festa além da nossa expectativa. Parabéns a todos”, destacou.


    O secretário municipal de Cultura, Thiago Marques, fez a abertura do evento. “Quero agradecer a cada integrante da Escola, os professores, gestores, nossa diretora Giselle, toda a equipe de apoio e aos demais servidores da Cultura, que se uniram com muita dedicação e carinho na organização dessa festa maravilhosa. Agradeço também a todos os alunos e a cada família presente, aos pais e responsáveis por estarem aqui demonstrando seu apoio e incentivo. Isso é fundamental”, disse.
    Formada por Danny Cassilhas (voz), Kaleb Silva (voz & guitarra), Diogo Gonçalves (baixo), Josué Silva (bateria) e Raziel Leportié (teclado), a banda Brasilidade abriu a programação com um show repleto de sucessos do forró, do xote, do baião e do arrasta-pé, que fizeram o público dançar e cantar. O grupo musical foi um dos contemplados pelo último Edital de Chamamento de Artistas, lançado em 2023 pela Secretaria de Cultura.
    Durante todo o evento, o público pôde se divertir com as tradicionais brincadeiras juninas, como o Correio do Amor e a Pescaria, sucesso entre a criançada. Moradora do bairro Porto da Aldeia, Eliane Henriques levou a filha Evellyn, de nove anos, para curtir a festa. “Minha filha entrou para a oficina de Teatro este ano, então esse é o primeiro ano que estamos participando da festa junina da Escola e estávamos muito empolgados para vir. A festa ficou linda, a programação está maravilhosa, bem completa e tudo muito bem organizado. A Prefeitura está de parabéns”, destacou.
    Matriculada na oficina de Dança de Salão, Shirley Garcia, do bairro Campo Redondo, foi para a festa acompanhada da família, a filha, a sobrinha, a avó e a mãe, que também é aluna da modalidade. “Comecei a Dança de Salão esse ano também por incentivo da minha mãe, que já é aluna há dois anos. Fiquei cinco anos parada e, graças à Escola de Artes, pude retomar a dança, que é uma das minhas grandes paixões e uma terapia para mim. Eu vejo a Escola como um projeto muito importante para o desenvolvimento da cidade, porque traz arte e cultura para a população, principalmente para as nossas crianças e jovens. São atividades que nos proporcionam experiências e sensações únicas. A festa está linda, super divertida, o ambiente bastante familiar e, para nós, alunos, é uma oportunidade de praticarmos o que a gente vem aprendendo”, complementou.
    Outro destaque da programação foram as performances dos alunos das oficinas de teatro e de dança. A oficina de Teatro Juvenil, sob a orientação da instrutora Nayara Gomes, apresentou a divertida encenação de “Lampião, lá do Sertão”. A peça, baseada no cordel escrito por Mari Bigio, conta a história de Lampião e Maria Bonita, figuras icônicas do cangaço no nordeste do Brasil. Em seguida, foi a vez da turma de Teatro Juvenil sob a direção da instrutora Anna Fernanda Corrêa apresentar a encenação de “Casamento na Roça”, uma adaptação livremente inspirada na obra de Emílio Carlos, que também arrancou boas risadas da plateia.
    Vestidas à caráter, as crianças das turmas do Ballet Baby Class e Infantil, sob a orientação da instrutora Luciana Marins, se divertiram e encantaram o público no ritmo do São João. Encerrando a programação com chave de ouro, a tradicional quadrilha junina, conduzida pelo instrutor da oficina de Dança de Salão, Alex Salles (Lelek), reuniu mais de 100 participantes, que deram um verdadeiro show de desenvoltura e alegria.
    A diretora interina da Escola de Artes, Giselle Lima, comemorou o sucesso do evento. “Foi uma noite memorável, as apresentações foram encantadoras e a nossa quadrilha foi um verdadeiro show à parte. Foi emocionante ver nossa comunidade escolar reunida, ver tantas famílias se divertindo ao lado de seus filhos, netos, sobrinhos e amigos. Só temos que agradecer e parabenizar a todos que participaram e nos ajudaram a entregar essa festa grandiosa, que com certeza ficará marcada na história da Escola”, destacou a diretora interina da Escola de Artes, Giselle Lima.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Q Onda Moda Praia