• Informação do Linha Verde leva polícia a desencadear operação contra garimpo ilegal de ouro.


    Uma denúncia encaminhada pelo programa Linha Verde, do Disque Denúncia (0300 253 1177) sobre extração irregular de ouro e pedras preciosas, levou a polícia a desencadear nesta terça-feira (28) uma operação no município de São Fidélis, no Norte Fluminense, onde foram encontradas três balsas realizando a atividade ilegal.



    Munidos com as informações do Linha Verde, policiais militares da Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual do Desengano, agentes do Instituto Estadual do Ambiental e da Delegacia de Polícia Federal de Campos dos Goytacazes, procederam a localidade de Laranjal, que é cortada pelo Rio Paraíba do Sul, onde foi deflagrada a operação visando o combate de balsas de extração de substância mineral. 



    A ação também contou com ajuda de drones e embarcações motorizadas. Durante as diligências, foram encontradas três balsas de extração de ouro, onde cinco pessoas trabalhavam sem qualquer tipo de autorização dos órgãos competentes. 



    Ainda segundo os agentes, foram apreendidos: uma corda, uma caixa com ferramentas, catorze roupas de mergulho, duas mangueiras de mergulho, quatro tapetes, um colete salva vidas, um frasco possivelmente contendo mercúrio, seis batéias, uma peneira, cinco cintos para mergulho, uma balança de precisão, uma botija de gás, uma peneira e treze tapetes. Importante ressaltar que, dentro desse vasto material usado no garimpo ilegal, havia frascos contendo mercúrio, substância altamente tóxica e prejudicial ao meio ambiente.



    Diante dos fatos e com base no artigo 55 da lei 9.605/98 e o artigo 4° da lei 12.651/12, os policiais aprenderam os cinco suspeitos e todo material descrito, e procederam para a Delegacia de Polícia Federal de Campos dos Goytacazes, onde a ocorrência foi registrada. Das três balsas ilegais, o Instituto Estadual do Ambiental inutilizou duas por inteiro e uma foi parcialmente inutilizada.

    Para denunciar crimes ambientais nas regiões norte e noroeste fluminense, a população pode ligar para o telefone (21) 2253-1177 e para o 0300 253 1177, ambos com WhatsApp anonimizado - técnica de processamento de dados que remove ou modifica informações que possam identificar uma pessoa, ou então pelo App "Disque Denúncia RJ". É possível denunciar ainda pelo site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia.org.br) ou ainda pela FanPage do Linha Verde no facebook (www.facebook.com/linhaverdedd).

    LINHA VERDE, o Disque Denúncia do Meio Ambiente

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Q Onda Moda Praia