• TRISTE - Prefeitura rompe acordo firmado na gestão José Bonifácio e artista premiado grava vídeo indignado, critica Secretário e Prefeita. Segmento se manifesta com Desagravo.

    Reinaldo Caó

    Em Cabo Frio, um dos artistas mais conhecidos na cidade, por sua imensa contribuição na divulgação de nossas belezas naturais através de seus quadros, também na criação de esculturas, aulas e técnicas de restauração, premiado na região, no Estado, no Brasil e em países da Europa, Reinaldo Caó, apresentou uma situação constrangedora.  A prefeitura Municipal de Cabo Frio, através da Secretaria de Cultura, rompeu  um acordo que foi firmado na gestão José Bonifácio. Amigos e organizações se manifestaram . Leia o texto abaixo: 

    Ato de desagravo



    A Cultura de Cabo Frio enfrentou um ataque sem precedentes! A obra e a trajetória de um importante artista da nossa cidade foram frontalmente atacadas. Por que esse ataque em particular, entre tantos nos últimos anos, é o mais violento?

    O descaso e desrespeito impostos aos nossos principais patrimônios culturais deram origem ao Movimento Paralelo 24, que busca resgatar e valorizar a Cultura cabo friense e seus patrimônios materiais e imateriais.

    As notícias diárias sobre a situação cultural da cidade nos deixam cada vez mais indignados. No entanto, o ataque ao ex-diretor do Espaço Cultural Torres do Cabo e proprietário do Atelier Casa de Caó foi o mais grave: Caó, hoje é um artista reconhecido em toda a região tendo recebido a Comenda do Mérito Cultural em 2008 da Associação Fluminense de Belas Artes - AFBA/Niterói, e recentemente expos suas obras em turnê pela Europa onde passou por 5 países naquele continente.

    Seu trabalho nos enche de orgulho, em 2022 o então prefeito da cidade de Cabo Frio, José Bonifácio atraves da Secretaria de Cultura adquiriu 14 obras do artista para o acervo municipal, que possui uma tradição de grandes artistas plásticos. Infelizmente, mais de um ano e cinco meses após a compra, o município não apenas deixou de pagar ao artista, mas também arquivou o processo e devolveu as pinturas, demostrando total desrespeito com o artista em questão.




    Nós, artistas e ativistas culturais, a muito somos desrespeitados pelas gestões municipais, CHEGA!!! O papel correto da Secretaria não seria devolver as obras, mas sim buscar uma solução de pagamento que valorizasse o artista e sua obra.

    Um absurdo! Uma vergonha. A cultura de Cabo Frio foi loteada e hoje é administrada por pessoas que não conhecem nossa realidade, nossos valores e nossos verdadeiros patrimônios. Estamos abandonados!

    Neste desagravo a Reinaldo Caó, dirigimo-nos aos servidores, agentes, produtores, ativistas e usuários da cultura, bem como à população em geral, para expressar nossa solidariedade ao artista, pois essa agressão à sua obra requer reparação ética, moral e institucional.

    Para concluir, convocamos todos a reagir enviando e-mails a jornais e mídia em geral denunciando esses acontecimentos.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Q Onda Moda Praia