• São Pedro da Aldeia participa de inauguração do primeiro Centro Estadual de Diagnóstico para o Transtorno do Espectro Autista


    A Prefeitura de São Pedro da Aldeia marcou presença na inauguração do primeiro Centro Estadual de Diagnóstico para o Transtorno do Espectro Autista (CedTEA), construído pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro. O município foi representado por servidoras da Secretaria Municipal de Saúde. Estiveram presentes a coordenadora do CAPSi, Sheila Gomes; a diretora e a neuropsicopedagoga do Centro Municipal de Reabilitação e Habilitação, Fernanda Suzarte e Érica Dias, respectivamente.




    O local terá capacidade de realizar, em média, 100 atendimentos por semana e está localizado na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. A iniciativa englobou as ações da Superintendência de Transtorno do Espectro Autista, criada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ) no ano passado para ampliar a linha de cuidados voltada aos pacientes e suas famílias.


    Para a diretora do Centro Municipal de Reabilitação e Habilitação, Fernanda Suzarte, o CedTEA representa a realização de um sonho de muitas famílias e muitos profissionais. “O Centro tem relevância única e diferenciada, pois reforça o propósito de implementação, de forma humanizada, das políticas públicas dedicadas às pessoas dentro do espectro do autismo. Admiração enorme pelo trabalho desenvolvido e realizado com tanto esmero e dedicação, em especial da Michelle Rebelo e da Bruna Homem, pessoas e profissionais brilhantes, além, é claro, do apoio, incentivo e parceria da primeira dama do Estado, Analine Castro, do governador Cláudio Castro e do deputado federal Dr. Luizinho, parlamentar engajado por conhecer amiúde a situação da saúde do Estado do RJ”, afirmou.



    Com o trabalho da equipe, o CedTEA visa diagnósticos precoces e diferenciados de pacientes com autismo, especialmente crianças e adolescentes. O atendimento será feito inicialmente de forma escalonada, por idades, e os pacientes serão acolhidos por uma equipe multidisciplinar composta por fonoaudiólogo, psicólogo, assistente social, pediatra e neuropediatra.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Q Onda Moda Praia