• Patrulha Maria da Penha participa de palestra de conscientização na ESF Vinhateiro.




    A proteção e cuidados com a mulher foi o tema

    abordado nesta segunda-feira (30/10) na Estratégia Saúde da Família (ESF) do bairro Vinhateiro, em São Pedro da Aldeia. A Patrulha Maria da Penha apresentou uma palestra sobre o combate à violência contra a mulher, além de distribuir um panfleto explicando como identificar os tipos e ciclos de violência. O evento também ofereceu direcionamento para prevenção contra o câncer de mama, lembrado pelo Outubro Rosa no município.



    Prestes a comemorar um ano, a Patrulha Maria da Penha mantém o relacionamento com as diversas pastas da Prefeitura, levando conscientização para todos. A coordenadora da Patrulha Maria da Penha, da Guarda Civil Municipal, Rosana Andrade, apontou a relevância de levar as informações para a prevenção da violência contra a mulher a todos os públicos. “O combate à violência contra a mulher é um papel de todos, mesmo que a situação não esteja acontecendo diretamente com você ou sua família, você pode denunciar. Além do 180, o nosso Whatsapp atende 24h por dia, todos os dias. Recebemos mensagens e ligações, tanto para denúncias como para orientação também. Se ver algum caso no seu bairro, ou na rua, denuncie. Você pode estar salvando uma vida”, destacou.


    A patrulha esteve presente abordando a proteção e cuidado com a mulher a convite da coordenadora do Núcleo de Educação Permanente em Saúde (NEPS), Eduarda Cardoso. “A gente está aqui para dar apoio e para ter essa parceria com as unidades de saúde e com os diversos setores do nosso município. Esses momentos são muito importantes para a população, com compartilhamento de conhecimento e de experiências”, comentou.




    Moradora do bairro Vinhateiro há mais de 40 anos, Angela Gomes da Silva, parabenizou a iniciativa. “É muito importante a visita da Patrulha Maria da Penha, principalmente no posto de saúde aqui do Vinhateiro, porque é um lugar que sofre muita injustiça familiar e as pessoas às vezes têm vergonha de falar. E nós temos que botar a boca no mundo e fazer valer a nossa lei. Com os números para denúncia, nem precisamos nos identificar e podemos estar ajudando uma mulher em risco. Parabéns pelo excelente trabalho que estão fazendo aqui em São Pedro da Aldeia”, disse.


    Representando a equipe de nutrição da Secretaria de Saúde, Rafael Soto, Aline Machado, Natália Batista, Priscila Valente e Luiz Marques apresentaram a importância da alimentação, especialmente para pacientes em tratamento para o câncer. “É importante que toda mulher se cuide e a alimentação tem tudo a ver com o nosso estado físico total. Nosso objetivo é levar essas informações a todas as pessoas e, aproveitando o momento do Outubro Rosa, mostrar como a nutrição também faz a diferença durante o tratamento”, apontou Luiz Marques.

    A assistida da ONG Amigas da Mama, Gilvanete Ferreira, falou sobre o acolhimento oferecido pela Prefeitura. “Sempre estive com meus exames em dia e quando vi meu seio dolorido e avermelhado, insisti em buscar ajuda e detectei o nódulo. Fiz o tratamento, passei por quimioterapia e posso falar por experiência própria a diferença que o Tratamento Fora Domicílio (TFD) faz. Agora já estou em remissão, mas cheguei a pegar os dois momentos. Antes, não tinha onde ficar para esperar o transporte de madrugada. E com o TFD, além de termos um local seguro, coberto e confortável para aguardar o transporte, ainda recebemos um lanche enquanto esperamos e outro embalado com fruta, água e um biscoito para levarmos. Sem contar que agora são dois transportes, então quem tinha exame de manhã não precisa mais chegar tarde da noite em casa, como já fiz muito. Não tenho palavras para agradecer por esse acolhimento. Uma parceira muito importante que a Amigas da Mama tem é com a Secretaria de Esportes. Quem passa pela cirurgia para retirada da mama precisa ter um acompanhamento com exercícios específicos e fiz meu cadastro com a ONG que direcionou para a Academia Popular. Tive a vaga aceita logo, sem fila de espera e eu e minhas amigas em situação parecida fazemos nossos exercícios lá. O professor Marcelo é fisioterapeuta e, desde que fiz minha cirurgia, não tive inchaço no braço nem nenhum efeito colateral. Toda a equipe é maravilhosa”, compartilhou.


    O enfermeiro Valtencir Maehika relatou a importância de realizar ações coletivas de conscientização. “As pessoas têm uma correria durante o ano, então esses meses comemorativos ajudam a gente a lembrar a população da importância de se cuidar, manter os exames em dia. Lembrando que estamos aqui o ano inteiro”, relatou.


    Disque Patrulha Maria da Penha

    O telefone (22) 99944-6157 está disponível para contato 24 horas por dia e recebe tanto ligações quanto mensagens de texto e de voz. As vítimas de violência também podem ligar para o número 180. O anonimato é garantido em todos meios de contato.

    O trabalho realizado pela patrulha é feito em conjunto com as Secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos e de Saúde. O grupamento conta, também, com o apoio da Polícia Civil, por meio da 125ª DP, e da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, por meio da 2ª Cia do 25⁰ Batalhão.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Q Onda Moda Praia