• 123 MILHAS: Associação de Hotéis e Turismo de Cabo Frio orienta pela suspensão da parceria após anúncio de recuperação judicial pela empresa



    Mesmo com a decisão da agência de viagens 123 Milhas suspender os pacotes e a emissão de passagens de sua linha promocional na última sexta-feira (18), os meios de hospedagem da associação de Hotéis e Turismo de Cabo Frio permaneceu atendendo as demandas da empresa, pois esta medida não era direcionada as viagens já contratadas da linha “Promo”, de datas flexíveis, com embarques previstos de setembro a dezembro de 2023.



    O presidente da Associação de Hotéis e Turismo de Cabo Frio, Carlos Cunha, esclareceu que enquanto a empresa 123 Milhas não havia pedido recuperação judicial ( o que só ocorreu na tarde de terça-feira 29), a postura dos associados era de continuar com a parceria de serviço com atenção, tal medida se dava por conta da dívida deixada pelo HURB de mais de R$ 700 mil reais em diárias já utilizadas, que agora estão na justiça para recebimento.



    - Esclareço que até o momento a 123 Milhas vinha pagando normalmente aos nossos associados, tivemos um ou outro atraso pontual, mas no geral todos estavam recebendo. A empresa não estava honrando os pacotes aéreos que incluem hospedagens, mas esse não era o caso dos hotéis e pousadas de Cabo Frio.

    Cada um dos meios de hospedagens associados possui liberdade e autonomia para tocar como achar que deve a gestão de seu hotel ou pousada, mas a direção da Associação de Hotéis e Turismo de Cabo Frio recomenda a suspensão imediata, finaliza o presidente.


    A 123milhas entrou na terça feira  (29) com um pedido de recuperação judicial na 1ª Vara Empresarial de Belo Horizonte, cidade onde a companhia é sediada. A solicitação também engloba as empresas HotMilhas e Novum, ligadas à 123milhas. A empresa informou uma dívida de R$ 2,308 bilhões no pedido ao TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais). O valor da causa, no entanto, poderá ser alterado no futuro após a verificação de créditos pelo administrador judicial.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Q Onda Moda Praia