• Cabana do Pescador será preservada. Agora é Patrimônio Histórico Cultural e Arquitetônico


    Cenário de novelas e um dos pontos turísticos mais fotografados da Região dos Lagos, a Cabana do Pescador, na Praia do Peró, em Cabo Frio, será preservada para a eternidade. O prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, sancionou a lei que tomba a Cabana do Pescador como Patrimônio Histórico, Cultural e Arquitetônico, de natureza material e imaterial. 




    A construção fica no Morro do Vigia, com vista privilegiada para as Praias do Peró e das Conchas que, juntas, têm 7,2 km de extensão, com um trecho, na área urbana, com a Bandeira Azul – certificado internacional de qualidade ambiental.

    O tombamento surgiu depois de um grande apelo de moradores, turistas, ambientalistas e historiadores surpreendidos com a decisão da Justiça Federal que determinou a demolição da Cabana do Pescador, com outros cinco quiosques da Praia das Conchas. O Ministério Público Federal (MPF) deu prazo de 45 dias para a Prefeitura de Cabo Frio demolir as construções, entre as quais a Cabana, construída para ser um abrigo de pescadores no final da década de 40. O projeto de lei para o tombamento foi apresentado na Câmara Municipal pelo vereador Davi Souza.

    Com a decisão do prefeito, a Secretaria Municipal de Cultura e o Instituto Municipal do Patrimônio Cultural vão proceder ao registro do Patrimônio Histórico, incluindo-o no Livro de Tombo das Formas de Expressão. A Prefeitura também irá providenciar placas de sinalização e de indicação do local com as informações completas sobre o tombamento do imóvel.

    Ainda segundo o ato, fica proibida a descaracterização ou qualquer mudança da área em questão, “preservando-se as suas características originais em decorrência do tombamento efetuado pela lei 3.631", que entrou em vigor hoje'. O tombamento, contudo, não abrange o deque de madeira e outros acréscimos estranhos à construção original. Os defensores da Cabana do Pescador também aguardam o tombamento estadual, proposto originalmente pelo deputado Gustavo Tutuca e que está em tramitação na Alerj.

    Incrustada no acesso ao Morro do Vigia, que possui várias trilhas onde se pratica o ecoturismo, a Cabana do Pescador já foi usada como local de gravação para vários filmes e novelas. Foi a “Casa do Tufão” (personagem interpretado por Murilo Benício) na trama Avenida Brasil, da Rede Globo. A cabana foi construída há 70 anos por Pedro José dos Anjos para ser um abrigo de pescadores. Posteriormente, ele passou a servir refeições para pescadores e turistas. O filho de Pedro, Jamil dos Anjos, viveu anos na cabana à luz de velas (o local não possui energia elétrica por estar no Parque da Costa do Sol, de proteção integral). Jamil faleceu há cinco anos e desde então o local é ocupado por um restaurante.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Q Onda Moda Praia