• São Pedro da Aldeia terá “I Semana Decolonial do Patrimônio” de 17 a 20 de agosto.




    Em comemoração ao Dia Nacional do Patrimônio, São Pedro da Aldeia vai sediar, entre os dias 17 e 20 de agosto, a “I Semana Decolonial do Patrimônio”. O evento é uma realização da coletiva Gecay e conta com o apoio da prefeitura, por meio das secretarias municipais de Cultura e de Agricultura e Trabalho. A programação vai oferecer diversas atividades gratuitas, como palestras, oficinas de artesanato, passeios guiados e apresentações culturais em diferentes pontos da cidade. Para garantir uma vaga nas oficinas e passeios, os interessados devem se inscrever previamente, via WhatsApp (confira os contatos abaixo).

    De acordo com a historiadora Vanessa Dias, uma das organizadoras, a proposta do evento é fomentar estudos decoloniais, bem como contribuir para a preservação e resgate das memórias culturais e patrimoniais de São Pedro da Aldeia. “Falar sobre patrimônio vai muito além de construções, datas e nomes de supostos ‘grandes homens’ da história. É dar ênfase às tradições existentes em nosso território, como a pesca artesanal realizada em nossa Lagoa de Araruama, que há séculos é ensinada de geração em geração, tradição essa deixada pelos povos originários que habitavam nossa região. É também dizer não a romantização da colonização e questionar as crueldades cometidas pela Coroa com a justificativa de que foram feitas em nome de Deus, como o conceito de guerra justa. E, claro, sobre a nossa culinária, patrimônios naturais e tantas outras coisas incríveis existentes aqui em São Pedro da Aldeia. Tratar sobre esse tema não é possível sem a participação ativa da sociedade no debate. Então, deixo aqui o meu convite a todas as pessoas que sentem a necessidade de conhecer, questionar e compreender nossos patrimônios”, destacou.

    Durante a Semana, os participantes inscritos terão a oportunidade de conhecer pontos turísticos e monumentos do Centro Histórico da cidade, como a Igreja Matriz, a Casa da Cultura e a Casa dos Azulejos, dentre outros, participar de palestras educativas no Cine Estação, além de fazer um passeio pelos patrimônios naturais aldeenses, como a Praia das Salinas e o entorno da serra de Sapiatiba Mirim. A programação inclui ainda oficinas voltadas à confecção de peças artesanais com fibra de bananeira e das bonecas de pano Abayomi.

    Mais informações sobre a programação podem ser obtidas pela página da coletiva Gecay no Instagram, em www.instagram.com/coletivagecay.

    Confira a programação completa da “I Semana Decolonial do Patrimônio”:

    17 de agosto (quarta-feira)
    9h – Café da Manhã Rural
    Apresentação do evento com a participação da coletiva Gecay e Ivo Barreto, representante do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
    Local: Cine Estação – Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro (ao lado da Biblioteca Municipal).
    Entrada livre.

    14h – Oficina de confecções artísticas com fibra de bananeira, guiada pela instrutora Jaqueline Emília.
    Local: Cine Estação – Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro (ao lado da Biblioteca Municipal).
    Inscrições gratuitas: WhatsApp (12) 98291-1609 (Mayara Árvore)

    18 de agosto (quinta-feira)
    15 – Rolé histórico pelo Centro da cidade, guiado pela historiadora Vanessa Dias.
    Local: Ponto de encontro em frente à Casa da Cultura – Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro (ao lado da Biblioteca Municipal).
    Inscrições gratuitas: WhatsApp (22) 99278-9093 (Vanessa Dias)

    18h – Palestra “Relatos sobre um filho de pescador”, com Mário Márcio dos Santos Soares.
    Local: Cine Estação – Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro (ao lado da Biblioteca Municipal).
    Entrada livre.

    18h30 – Palestra “Relatos sobre a pesca artesanal de São Pedro da Aldeia e a conexão com a Lagoa de Araruama”, com o pescador Ricardinho.
    Local: Cine Estação – Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro (ao lado da Biblioteca Municipal).
    Entrada livre.

    19h20 – Palestra “O protagonismo dos indígenas no aldeamento de São Pedro de Cabo Frio (1617-1876)”, com Luiz Guilherme Scaldaferri.
    Local: Cine Estação – Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro (ao lado da Biblioteca Municipal).
    Entrada livre.

    19 de agosto (sexta-feira)
    9h – Passeio na Praia das Salinas, guiado pela bióloga e condutora ambiental Elizabeth Franco.
    Inscrições gratuitas: WhatsApp (22) 98109-7845 (Elizabeth Franco)

    14h – Oficina de confecção de bonecas de pano Abayomi, guiada por Andreia Fernandes.
    Local: Cine Estação – Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro (ao lado da Biblioteca Municipal).
    Inscrições gratuitas: WhatsApp (12) 98291-1609 (Mayara Árvore)

    18h50 – Palestra “Patrimônio ambiental aldeense”, com Elizabeth Franco.
    Local: Cine Estação – Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro (ao lado da Biblioteca Municipal).
    Entrada livre.

    18h – Palestra “Apropriação cultural e a tentativa de apagamento das questões raciais de manifestações de culturas negras”, com Márcia Fonseca.
    Local: Cine Estação – Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro (ao lado da Biblioteca Municipal).
    Entrada livre.

    20 de agosto (sábado)
    9h – Passeio no entorno de Sapiatiba Mirim, com a bióloga e condutora ambiental Elizabeth Franco.
    Inscrições gratuitas: WhatsApp (22) 98109-7845 (Elizabeth Franco)

    15h30 – Encerramento com grupo de estudos de Maracatu Ventaloras e outras intervenções artísticas.
    Local: Praça Hermógenes Freire da Costa – Praia do Centro.
    Entrada livre.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Arraial do Cabo tá mudando pra melhor

    Q Onda Moda Praia