• Saquarema e Angra dos Reis podem ganhar praia e marina com Bandeira Azul.


    O Estado do Rio poderá ter mais uma praia e uma marina certificados com a Bandeira Azul (BA), certificado internacional de qualidade ambiental, na temporada 2022/2023. O anúncio foi feito pela coordenadora nacional do programa BA, Leana Bernardi, no encerramento do 15.º Encontro Nacional do BA na Praia do Peró, em Cabo Frio. A praia é Itaúna (trecho urbano), em Saquarema, e a marina é do Iate Clube de Santos, no condomínio Porto Frade, em Angra dos Reis.



    Atualmente, o Brasil tem 22 praias e seis marinas com o selo BA, mas este número poderá chegar a 40, entre praias e marinas, na próxima temporada. Santa Catarina é um estado recordista: tem 12 praias e seis marinas e em breve, com apoio do governo do estado, poderá ter outras 25 praias em condições de desfraldar o certificado internacional. No Rio, possuem o selo as praias da Reserva e Prainha, na capital; Peró, em Cabo Frio; e, Sossego, em Niterói, além da marina Costabella, em Angra dos Reis.

    O encontro de Cabo Frio aconteceu na quinta e sexta-feira na Universidade Veiga de Almeida, que apoia o projeto, é encerrado na Praia do Peró, com ação da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático, e vista ao Hostel Container Cabo Frio, que conquistou prêmio nacional por suas ações de sustentabilidade. O presidente do Instituto Ambientes em Rede (IAR), Ricardo Cerruti, responsável pelo programa BA no Brasil, participou do evento e visitou o Peró com os demais participantes. Com sede em Florianópolis, o IAR promove ações de conservação dos ecossistemas naturais e o desenvolvimento sociocultural através do exercício da cidadania ambiental. Ele declarou que ficou “encantado” com a praia de 7,2 km de extensão:



    -- O que mais me chamou atenção no Peró, além da beleza natural incrível, foi o engajamento das ações da sociedade civil e do comitê gestor. O trabalho nas redes sociais é um diferencial muito grande em relação a todas as outras praias, com o engajamento, a criatividade e a quantidade de ações. Como exemplo, o hino Bandeira Azul, que eu não vi em nenhuma praia, não só no Brasil como também no mundo. Isso, para mim, é o grande diferencial da Praia do Peró – enfatizou Cerruti, que provou o drink BA e a caipirinha de pitanga, fruta típica do Peró.

    Leana Bernardi explicou que a falta de testes de balneabilidade, principalmente no Nordeste, dificulta a ampliação do número de praias com BA no Brasil, embora as inscrições à fase piloto venham aumentando a cada ano. A qualidade da água é fundamental para a certificação BA, que abrange a faixa de areia, a área de banho e a infraestrutura de apoio ao banhista. As inspeções são anuais e, a partir deste ano, vão ocorrer outras aleatórias, de surpresa, para conferir o cumprimento dos requisitos exigidos pelo projeto.

    — O Estado do Rio tem potencial enorme para certificar outras praias. É preciso, contudo, seguir as instruções e atender aos 34 requisitos básicos para ter direito ao selo BA — concluiu a coordenadora nacional do projeto, que também visitou Arraial do Cabo.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook