• Governador vai a Petrópolis para acompanhar trabalhos de recuperação após chuvas de domingo.



    O governador Cláudio Castro visitou, nesta segunda-feira (21/03), a cidade de Petrópolis para acompanhar os trabalhos de recuperação após as chuvas de domingo (20/03) e anunciou investimento de R$ 40 milhões em obras de emergência do túnel extravasor, na Rua Quissamã. A região foi uma das mais atingidas pelo temporal, que deixou cinco mortos, 31 feridos e quatro desaparecidos. O Estado já destinou mais de R$ 150 milhões para intervenções nos bairros Valparaiso, Castelânea, Morin e Centro.
    - Já alinhamos com o prefeito Rubens Bontempo as intervenções na Rua Quissamã, novamente castigada pelas chuvas. Desde ontem, estou em contato com a prefeitura para ajudar na recuperação da cidade. Enviamos 180 bombeiros para minimizar os danos causados nas 56 ocorrências registradas na região. Além disso, a Secretaria de Infraestrutura e Obras aumentou o número de operários e maquinários no município. Desde as chuvas de 15 de fevereiro, o trabalho de limpeza é realizado e foi reforçado hoje - ressaltou o governador.

    O Governo do Estado montou um Gabinete de Crise no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) em conjunto ao de Petrópolis. Desde as 6h30 desta segunda-feira, dezenas de caminhões basculantes, escavadeiras, retroescavadeiras, entre outros equipamentos, já atuam na região. O Corpo de Bombeiros monitora 24 horas por dia as condições meteorológicas e os níveis pluviométricos, enviando alertas, por celular, por meio do número 40199, para as regiões em caso de riscos de deslizamentos ou inundações.

    Intervenções nas ruas atingidas

    Na Avenida Washington Luiz, em Valparaíso, o Estado irá reconstruir muros de contenção do Rio Quitandinha, recuperar muros de pedra remanescentes e realizar a canalização e recomposição do pavimento. Também será refeito o guarda-corpo entre as ruas Rocha Cardoso e Doutor Nelson Rocha de Sá Earp. Na Avenida Getúlio Vargas com a Rua Lopes de Castro, no mesmo bairro, serão feitas obras de contenção de encostas, recuperação da cobertura vegetal do morro e drenagem.

    Na Rua Conde D´Eu, em Castelânea, estão previstas contenção de encostas, retaludamento (processo de terraplanagem) e revegetação da encosta e recuperação da rede de drenagem. O mesmo tipo de obra será feito nas ruas Teresa, 24 de Maio e Nova, no Centro, que terá ainda a remoção de rochas soltas e a fixação do maciço rochoso que ficou exposto. As obras na Rua Pedro Ivo, na Cascatinha, terão como foco a recuperação da calçada e parte da via, que deslizou com o impacto das chuvas. Serão realizadas ainda obras de contenção de encostas e recuperação da drenagem.

    - Visitei os pontos onde já estão sendo executadas obras para verificar como foram afetadas as áreas que já passaram por sondagem e topografia e que atualmente estão em fase de projeto e orçamentação. São contenções de encostas, como nas ruas 24 de Maio, Washington Luiz e Teresa, e drenagem na Praça Conde D´Eu. Estou em Petrópolis avaliando a necessidade de novas ações e fazer o levantamento de todas as ações que precisam ser realizadas - explicou o secretário de Infraestrutura e Obras, Max Lemos.

    Força-tarefa para reconstrução da cidade desde fevereiro

    Desde 15 de fevereiro, o Governo do Estado atua na reconstrução de Petrópolis. Uma equipe, além de máquinas e equipamentos de limpeza, ajuda na retirada de lixos e entulhos. A Secretaria de Infraestrutura realizou as sondagens e topografia de sete pontos que receberão as primeiras obras emergenciais em Petrópolis.

    Entre os dias 17 de fevereiro e 5 de março, 2.971 famílias solicitaram o Aluguel Social. A previsão é que o benefício – no valor total de R$ 1 mil, sendo R$ 800 investidos pelo Estado e R$ 200 custeados pela prefeitura – comece a ser pago em abril. Além disso, os moradores podem acumular o SuperaRJ com benefícios de complementação de renda federais ou municipais.

    Também foram retiradas 78 mil toneladas de resíduos desde 15 de fevereiro e 31 localidades foram limpas. No total, atuaram na recuperação da cidade 600 homens e 254 máquinas das secretarias de Infraestrutura, das Cidades, do Ambiente e de Agricultura, além do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Iterj (Instituto de Terras e Cartografia) e Cedae. Nas últimas semanas, a região contava com 130 máquinas.

    Para auxiliar a população de Petrópolis com retirada de documentação básica, acesso a serviços de saúde e banco de empregos, o governo estadual promoveu 28 mil atendimentos por meio do RJ para Todos. Já no Detran.RJ foram emitidos 2.393 documentos de identidade.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook