• Em Cabo Frio, ambulantes sofrem com falta de diálogo com o prefeito. "O deck está caindo, tem ratos em toda praia e estão nos impedindo de trabalhar."




    Os ambulantes estão tentando conversar com o prefeito da cidade de Cabo Frio, José Bonifácio, mas até este momento não tiveram sucesso. Segundo eles, a prefeitura está impedindo os trabalhadores ambulantes que atuam, principalmente na Praia do Forte, de "defender o seu pão". Segundo um dos ambulantes que preferiu não se identificar com medo de perseguição,  antigamente era possível colocar um guarda sol por cliente, com organização. Foi feito uma solicitação para diminuir o número de guarda sol e isso foi respeitado, mas agora parece que as regras mudaram.

    "Agora querem jogar em cima da gente, que trabalha na areia, no sol forte diariamente, a responsabilidade do lixo. Estão nos acusando de abandonar o lixo do cliente na areia. Isso é mentira. Todos os dias o lixo é recolhido, limpamos as mesas, deixamos tudo organizado. Se existe alguém se comportando de maneira diferente que seja penalizado, mas não toda uma categoria. Estamos querendo conversar com o prefeito, pois sabemos que a ordem saiu de seu gabinete, por que está chegando a semana santa e temos aluguel, família, contas para pagar, todos queremos trabalhar, mas o prefeito não nos atende." Destacou um dos ambulantes declarando ainda que a Postura (que está cumprindo ordens sem culpa alguma) está querendo fazer a retirada do crachá e o material de trabalho.

    Ainda falando sobre a situação da praia, os ambulantes chamam a atenção para a estrutura da Praia do Forte, onde parte do Deck está caído, com tábuas soltas onde várias pessoas, durante o dia todo, se machucam tropeçando. Isso sem falar da quantidade de ratos nas areias.

    "Estão olhando pra gente e esquecendo de fazer o papel deles." Finalizou um ambulante .

    Um comentário:

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook