• Prefeitura do Rio não vai exigir comprovante de vacinação contra Covid em Shopping, taxis e carros de aplicativo.




    O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, voltou atrás nesta quinta-feira, 2, e afirmou que o comprovante de vacinação contra a Covid-19 não será exigido para entrar em shoppings, usar táxis e carros por aplicativo. O político assinou, nesta manhã, um decreto que ampliava a exigência do passaporte da vacina na capital, mas recuou. Ele afirmou que a medida é exagerada. “Eu assinei o decreto, mas tem que ver a praticidade e efetividade de algumas medidas mesmo. Para shoppings center e centros comerciais é muito difícil fazer esse controle. Em algumas áreas que eu acho que foi até um pouco de exagero. No caso dos táxis e dos shoppings a gente provavelmente regule isso amanhã. Acho que é um certo exagero”, afirmou Paes em conversa com jornalistas. Apesar da decisão do prefeito, o passaporte da vacina continua sendo exigido para frequentar bares, restaurantes, boates, casas de show, festas, academias, salões de beleza, estádios, cinemas, teatros, entre outros estabelecimentos. “O passaporte vacinal é uma proteção para a cidade ficar aberta. Ele é a garantia que a gente faria o Rio voltar a funcionar, como vem fazendo”, disse Paes.

    Um comentário:

    1. Ditadura de genocidas isso é contra o direito a liberdade e direitos humanos.

      ResponderExcluir

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook