• Governo do Estado inicia obra de recuperação estrutural do IML de Araruama.


    O secretário de Estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra), Max Lemos, esteve em Araruama nesta sexta-feira (15/10), acompanhado do presidente da Empresa de Obras Públicas (Emop), André Braga, para dar o início das obras de reforma do Instituto Médico Legal (IML) daquele município. Com investimento de R$ 2,49 milhões e previsão de entrega em seis meses, a Emop estará encarregada de fazer a recuperação estrutural do Posto Regional de Polícia Técnica e Científica (PRPTC), onde está o IML.


    As intervenções contemplam a recuperação estrutural do equipamento, reforma do telhado, recuperação da parte interna com tratamento das paredes, substituição da cobertura de acesso, instalação de um novo sistema de refrigeração, revisão das instalações elétricas e da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). A recuperação do PRPTC e do IML serão financiados pela Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol).

    ‘Além de anunciar o início das obras do Posto Regional de Polícia Técnica e Científica (PRPTC), um investimento do governador Cláudio Castro na Polícia em todo o estado, estamos anunciando mais intervenções. São obras de urbanização, drenagem e pavimentação de ruas e estradas, assim como uma atenção especial ao centro de Praia Seca, com acostamento na estrada, ciclovia e calçada, permitindo à população usufruir das belezas do lugar com segurança’, frisou Lemos.

    A prefeita Lívia do Chiquinho agradeceu as intervenções e disse que, no caso do IML, falta um espaço digno para que as pessoas possam reconhecer seus mortos. Para ela, além da dor da perda, ainda há a necessidade de ir a outro município para o reconhecimento das vítimas a liberação de corpos.

    ‘A obra do IML é de extrema importância para nossa cidade, pois, quando há a necessidade de liberação de algum corpo hoje, as pessoas são obrigadas a se deslocarem para outros municípios. Além da dor da perda, ainda há o desconforto de ter de ter de ir a outra cidade’, explicou a prefeita Lívia do Chiquinho.

    O secretário Max Lemos concordou com a prefeita e prometeu tentar antecipar ao máximo a entrega da obra, com a qualidade que a cidade merece. O presidente da Emop, André Braga, disse que tentará concluir a obra até o dia 6 de Fevereiro, aniversário de Araruama.

    ‘A Emop tem papel de fazer engenharia social, aquela que cuida do equipamento público para oferecer conforto à população. E não será diferente aqui em Araruama’, disse Braga

    Mais investimentos
    O secretário Max Lemos reuniu-se, ainda, com a prefeita para apresentar novos investimentos, em torno de R$ 20 milhões, naquele município. Serão obras de urbanização e pavimentação, como serviços de acostamento, ciclovia e calçada no trecho do centro de Praia Seca; pavimentação, urbanização e drenagem no trecho da Rua Oscar Clark no acesso ao loteamento Solar dos Tabajaras e ao Condomínio Pedra da Fonte, no bairro Fonte Santa; e na Rua Mario Reveles Castanho, Estrada da Posse, Estrada Velha de Iguaba, trecho da Estrada da Conceição, Travessa dos Veríssimos, trecho da Estrada Arlindo Tavares e Estrada do Arrastão, abrangendo também o município de Iguaba Grande.

    Outras obras

    Em Iguaba Grande e São Pedro D`Aldeia serão investidos R$ 37 milhões, na pavimentação e drenagem de mais de 50 ruas. Além disso, o Instituto Estadual de Engenharia e Arquitetura (IEEA) está desenvolvendo o projeto de sinalização turística para o município de Arraial do Cabo.



    ‘Esses são apenas os primeiros projetos em parceria com os municípios. Tenho certeza de que, após o lançamento do InfraCidades, teremos muitas outras intervenções, levando mais qualidade de vida e dignidade aos fluminenses’, concluiu o secretário

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook