• Polícia faz perícia em boate de Cabo Frio após mulher denunciar ter sido vítima de estupro no local.


    A Polícia Civil realizou perícia na boate Buda Lounge, em Cabo Frio, após uma mulher denunciar ter sido vítima de estupro no local.  O caso teria acontecido no dia 8 de maio.

    A vítima, que teve a identidade preservada, teria ido a um evento clandestino no local, que não podia abrir por causa da pandemia. O uso de celulares foi proibido. Ela e os amigos ingeriram bebidas alcóolicas e, a partir de um determinado momento da noite, a mulher conta que não consegue se lembrar o que aconteceu. A memória mais recente é de quando percebeu que estava no segundo andar da boate, que estava fechado.

    Segundo os amigos da vítima, ela estava em um sofá, com as pernas abertas, o vestido levantado e roupas íntimas afastadas para o lado, com dois homens parados na frente dela. Um deles estava com o uniforme dos funcionários da casa. A versão foi confirmada à polícia por uma testemunha.

    Um dos amigos teria descido e tentado pedir ajuda, mas teria sido impedido por seguranças e agredido. 

    A vítima, dois amigos dela e um funcionário da boate prestaram depoimento à polícia. Um exame de corpo de delito realizado pela vítima não mostrou sinais de violência, segundo ela. Os resultados da análise feita nas roupas usadas por ela e do exame toxicológico ainda não saíram.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook