• Cabo Frio: programa “Cidadão em Construção” recebe 515 inscrições.




    Pelo menos 120 foram inicialmente selecionados para preencher um total de 100 vagas


    Pelo menos 120 jovens de Cabo Frio, com idade entre 14 e 18 anos e seis meses (completados até 10 de abril deste ano), já estão participando da fase de avaliação do programa “Cidadão em Construção”. Criado através de convênio assinado no último dia 5 de abril entre a Prefeitura e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), o objetivo é oferecer a oportunidade do primeiro emprego a 100 jovens cabo-frienses em situação de vulnerabilidade social.

    As inscrições aconteceram entre os dias 12 e 15 de maio nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) de Cabo Frio. Ao todo, foram recebidas 515 inscrições. Entre os critérios de seleção, estão a obrigatoriedade dos jovens estarem cursando o ensino regular ou terem concluído o Ensino Médio, e pertencerem a famílias de baixa renda cadastradas num dos CRAS ou demais programas sociais de transferência de renda.

    Do total de inscritos, 120 fichas foram inicialmente selecionadas pelos técnicos da Secretaria da Criança e do Adolescente de Cabo Frio, e encaminhadas para avaliação do Centro de Integração Empresa-Escola, responsável pela contratação e capacitação desses jovens. Após a avaliação dos documentos, o CIEE devolverá as fichas aprovadas para a Prefeitura, que realizará um filtro do perfil de cada jovem, encaminhando-os aos órgãos municipais onde irão trabalhar.



    PROGRAMA TERÁ PARIDADE ENTRE MENINOS E MENINAS

    A primeira etapa do processo foi realizada com a presença dos jovens nos CRAS onde são inscritos, e apresentação dos documentos e formulário de inscrição devidamente preenchidos. Em seguida, todos passaram por uma entrevista social realizada pelos técnicos das Secretarias de Assistência Social, e da Criança e do Adolescente.

    Segundo o supervisor regional do Centro de Integração Empresa-Escola, Humberto Lima, após a fase de avaliação, dos 120 jovens selecionados apenas 100 serão contratados, sendo 50% de Tamoios e 50% do primeiro distrito. Também haverá paridade entre meninos e meninas.

    O supervisor também esclarece que as 20 fichas excedentes poderão ser utilizadas em repescagem, caso algum candidato selecionado seja desclassificado em virtude de irregularidades com os documentos enviados.

    Segundo Betânia Batista, secretária da Criança e do Adolescente em Cabo Frio, o número de inscrições no “Cidadão em Construção” foi surpreendente.

    “Recebemos um número muito expressivo de jovens interessados no programa. Tivemos meninos e meninas indígenas, albinos, jovens com deficiência… A diversidade de inscrições foi muito grande. E o resultado foi muito satisfatório, porque através do programa os responsáveis por esses adolescentes passaram a ter conhecimento dos seus direitos, o que resultou em 144 novas famílias inscritas nos CRAS do município”, explicou a secretária.

    PRIMEIRO EMPREGO E CAPACITAÇÃO

    Além da oportunidade do primeiro emprego, o supervisor regional do CIEE explicou que os 100 jovens selecionados passarão por um curso de capacitação durante 36 dias úteis no escritório do CIEE, incluindo aulas de matemática básica e língua portuguesa. Também receberão informações importantes sobre o aspecto comportamental com noções de vestimenta e comportamento no ambiente corporativo.

    “Assim que for contratado, o jovem iniciará o seu trabalho no órgão público que for designado, mas alternando a prática com a teoria. Ele trabalhará quatro dias por semana com uma jornada diária de 4 horas/dia, e uma vez por semana terá aulas teóricas com nossa equipe do CIEE”, explicou Humberto, lembrando que a previsão é de que até o final do mês de maio os jovens comecem a ser contatados pelo Centro de Integração Empresa-Escola.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook