• Missa no Cristo Redentor marca os cinco anos das Operações Aterro, Méier e Lagoa Presente.




    No dia em que completam cinco anos de funcionamento, as operações Aterro, Méier e Lagoa Presente foram homenageadas com uma missa no Cristo Redentor. Celebrada pelo padre Omar, reitor do santuário do Cristo Redentor do Corcovado, a missa contou com a participação de lideranças comunitárias, autoridades públicas, além dos coordenadores das bases e agentes do Programa Segurança Presente. 


    Superintendente da Operação Segurança Presente, o Tenente-Coronel Rodrigo Laviola, destacou a relação de proximidade que os policiais militares, agentes civis e assistentes sociais têm com a população.

    - Essa proximidade é um grande diferencial desse programa do Governo e faz com que os moradores e comerciantes também se sintam parte dele. Na data de hoje aproveitamos para agradecer o apoio dado pela população que nos abraçou desde o primeiro dia. - ressaltou o superintendente.

    A moradora do Méier e integrante do Conselho Comunitário de Segurança do bairro, Janete Allen, foi prestigiar o evento e disse que tem muito a comemorar com o Méier Presente.


    - Moro no bairro há 30 anos e vejo que o Méier mudou muito depois da chegada do Segurança Presente. As pessoas se sentem seguras. Um grande diferencial que observo é a integração entre os agentes com o batalhão da área. Eles fazem um levantamento das ruas e vias com o maior número de delitos para que possam atuar em conjunto. Nesta época de dezembro, onde aumenta o número de furtos, eles conseguiram reduzir este tipo de crime. - contou a moradora.

    Para Ana Júlia Grunewald, moradora da Lagoa e criadora do grupo Amigos da Lagoa, esse programa devolveu a tranquilidade ao frequentadores da Lagoa Rodrigo de Freitas.

    - Hoje todos nós podemos usufruir da Lagoa com tranquilidade. Não só pela questão da violência, que melhorou bastante, mas os agentes também fazem um trabalho de auxílio às pessoas que se perdem ou necessitam de ajuda. Além de coibir a violência, outra importante função do Lagoa Presente é dar assistência a quem necessita. - disse a moradora.

    Já a moradora do Flamengo e frequentadora do Aterro, Leila do Flamengo, contou que se sente parte integrante do programa.


    - O projeto nasceu da luta de nós moradores por melhores condições para o Parque do Flamengo, um dos maiores parques urbanos do mundo à beira-mar. O Governo do Estado foi sensível e implementou o Aterro Presente, que é muito importante para a região. - comemora ela.

    Durante a celebração da missa o padre Omar elogiou a atuação dos agentes das operações Segurança Presente que, segundo ele, têm sensibilidade e dão humanização ao programa. Ao final da missa, o padre abençoou a todos os presentes com água benta e deu inicio a iluminação do Cristo nas cores laranja, verde e amarelo, que são as cores dos coletes da Lagoa, Aterro e Méier Presente.


    Balanço das Operações

    Desde que as operações foram criadas, os agentes do Aterro, Méier e Lagoa Presente já conduziram quase 5 mil pessoas às delegacias, cumpriram 740 mandados de prisão e fizeram 16.500 atendimentos sociais.

    A Operação Segurança Presente também tem bases na Lapa, Centro, Niterói, Leblon, Tijuca, Ipanema, Nova Iguaçu, Laranjeiras, Bangu, Botafogo,Austin, Caxias, Barra da Tijuca, Recreio, Grajaú/Vila Isabel, Copacabana, Bonsucesso, São Gonçalo, Madureira, Jacarepaguá, Belford Roxo, Queimados, Irajá, São João de Meriti, Magé/Piabetá, Itaguaí e Cristo Redentor.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook