• Em menos de um mês, diversos animais marinhos aparecem mortos na praia das Dunas do Peró, em Cabo Frio.

    Golfinho, pinguins e tartarugas apareceram mortos na região da Praia das Dunas.


    Desde o dia 23.06, algo muito estranho vem ocorrendo na Praia das Dunas do Peró, em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio. 

    Na terça-feira (23.06), um golfinho-pintado-do-atlântico adulto foi encontrado morto, ele é um cetáceo da família dos delfinídeos encontrado nas águas temperadas e tropicais do oceano Atlântico, seu nome científico é Stenella frontalis e chega na fase adulta a 2,1 metros. 

    No sábado (27.06), uma tartaruga da espécie caretta, foi encontrada morta, ela aparentava ter aproximadamente de 35 a 40 kg e quase 1 metro de comprimento. 

    Na quinta-feira (16.07), dois pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus), foram encontrados mortos, ele é uma espécie de ave marinha que no inverno acabam aparecendo na região por conta da migração. 

    Na sexta-feira (17.07), duas tartarugas verdes (Chelonia Mydas), foram encontradas mortas, ela aparentava ser juvenil. 

    Na segunda-feira (20.07), mais um pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus), foi encontrado morto. 

    Hoje, terça-feira (21.07), outro pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus), também apareceu morto. Um dos motivos que possa justificar as mortes dos pingüins pode ser por conta da migração, pois eles vêm migrando e chegam bem cansados e muito magros. Outro fator é infelizmente a pesca predatória e o lixo, o que ajuda esses números de encalhes e mortes crescerem ainda mais. 

    Essas migrações são normalmente realizadas por animais jovens que dispersam das colônias em busca de alimento. A partir disso, algumas espécies de pinguins, por migrarem no inverno sofrem a influencia da Corrente das Malvinas, gerando um grande número desses animais que chegam ao litoral da nossa região. 

    O professor e Gestor Ambiental Fernando Savino, faz um apelo para que a fiscalização aumente e que haja orientação aos pescadores locais.

    Todos os animais foram encaminhados aos técnicos do CTA - Meio Ambiente, que presta serviço para Petrobrás, pois através do Centro de Reabilitação e Despetrolização sejam realizados exames que poderão indicar a causa da morte. 

    Caso algum animal seja encontrado encalhado, vivo ou morto, é possível acionar a Central de Emergência do CTA através do telefone 0800 026 2828.

    Fernando Savino
    Graduado em Geografia
    Pós-Graduado em Gestão e Educação Ambiental
    Pós-Graduado em Ensino de Ciências da Natureza

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook