• Recuperação do Parque Natural Municipal Mico-Leão-Dourado, em Tamoios, começa em 60 dias



    O Parque Natural Municipal Mico-Leão-Dourado, em Tamoios, recebe, em aproximadamente 60 dias, o início da operação de cercamento da área de mata do entorno da unidade. A iniciativa é a segunda etapa de uma série de ações que estão sendo realizadas no local, conforme convênio firmado com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), em 2014. O investimento será de R$ 144.865,84 provenientes do governo federal.

    De acordo com o secretário municipal da pasta, Mario Flavio Moreira, a terceira etapa será o plantio de mudas de espécie nativa de Mata Atlântica e a quarta, e última fase, será a sinalização da unidade de conservação com placas em todo o perímetro do parque. No início das ações do convênio, foi realizado o diagnóstico das intervenções que seriam necessárias no local. Atualmente, o horário de visitação pública do espaço é de 8h30 às 15h.

    “A recuperação deste parque é muito importante, pois trata-se de uma unidade de conservação relevante para o município, para a região e para o Estado do Rio. É uma mata única de vegetação de restinga arbórea na foz do Rio São João, e que precisa da atuação de toda a sociedade civil para a preservação deste patrimônio ambiental inclusive para proteção de todo o ecossistema do Rio”, afirmou ele.

    O Parque Natural Municipal Mico-Leão-Dourado é uma unidade de proteção que está inserida dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) da Bacia do Rio São João. Criado em 1997, o espaço tem por objetivo a defesa dos últimos remanescentes florestais do bioma Mata Atlântica. Além de promover pesquisas científicas, o local também é destinado à educação ambiental e ao turismo ecológico.

    Plano de Manejo deverá ser concluído pelo conselho gestor em até 180 dias

    Em setembro do ano passado, a Prefeitura de Cabo Frio nomeou os novos membros do conselho gestor do parque, que é composto por nove membros titulares e nove suplentes. Pelo decreto 6.082/2019, os integrantes estão aptos a tomadas de decisões referentes às políticas públicas aplicadas ao espaço, entre elas a elaboração do Plano de Manejo. A previsão de conclusão é de 180 dias a partir de janeiro deste ano.

    O documento prevê as diretrizes de uso do parque, o zoneamento (uso e ocupação do solo) e os planos que serão implementados dentro da unidade (educação ambiental, recuperação de áreas degradadas, zoneamento das áreas especiais e os usos).

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Degs Game

    Degs Game

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook