• Saiba como vai funcionar o PARQUÍMETRO em Cabo Frio.





    Energia solar. Assim vão funcionar os 43 parquímetros que estão sendo instalados em Cabo Frio, que nesta primeira fase serão colocados na Praia do Forte, na Gamboa, no Peró e no Centro. Os equipamentos receberão o pagamento do estacionamento em moedas, cartão de débito ou de crédito. O valor da tarifa será de R$ 2 a cada hora e o horário de cobrança do sistema “Cabo Frio Rotativo” será de 8h às 00h. Vale ressaltar que as placas de Cabo Frio estão isentas da cobrança. A operação inicia em 1º de janeiro.


    Além do parquímetro, o condutor também poderá comprar créditos de estacionamento pelos seguintes canais de atendimento: aplicativo de celular “DigiPare”; pelo site www.digipare.com.br; na central de atendimento; por SMS ou nos pontos de venda com os agentes da Coger que circulam com máquinas de débito e crédito pelas áreas onde os equipamentos estão instalados. Importante destacar que estes funcionários só receberão pagamento em cartão.

    “Os parquímetros vão modernizar a gestão do estacionamento em Cabo Frio, proporcionando mais rotatividade nas vagas e mais eficiência. A proposta é usar as vantagens das soluções tecnológicas para garantir o conforto do usuário, além de oferecer mais praticidade, reduzindo o tempo de espera e facilitando o pagamento”, explicou o Marcelo Espírito Santo, responsável pela Coordenadoria-Geral de Estacionamento Rotativo (Coger).

    Segundo ele, depois de instalados, os equipamentos ainda serão configurados para a cobrança em Cabo Frio, uma vez que eles saem pré-programados de fábrica e, por isto, a tarifa começa a valer apenas em janeiro. O sistema utiliza a base de dados do Detran e consegue “ler” o local de emplacamento do veículo, ainda que a informação não esteja expressa na placa.

    Os atuais controladores estão sendo treinados para usar o “Cabo Frio Rotativo” e redirecionados para outras funções ligadas ao sistema operação como fiscais de rua, para auxiliar a população no início da operação, esclarecendo duvidas, além de atuar como ponto de venda de créditos, entre outros. A maior parte foi encaminhada para ser fiscal do sistema.

    Penalidades, arrecadação e base de dados

    Ainda segundo Marcelo, de 1º a 7 de janeiro todo carro será notificado em caráter educativo. Após esse período, o condutor que utilizar as áreas regulamentadas pelo estacionamento rotativo e, por alguma razão, não efetuar o pagamento, terá 24 horas para regularizar a situação. Caso não o faça, o carro poderá ser multado, conforme a Lei do Código de Trânsito Brasileiro (CTB 9.503, de 23 de setembro de 1997), artigo 181.

    Além disso, o Decreto 5.020, de 18 de outubro de 2013, regulamenta a lei 1.497 de 21 de dezembro de 1999 que dispõe sobre o sistema de estacionamento rotativo pago em vias e logradouros públicos das áreas urbanas do município de Cabo Frio.

    A arrecadação do sistema “Cabo Frio Rotativo” segue para a Secretaria de Fazenda, que destinará a verba conforme as despesas da Prefeitura. O custo de operação é de R$ 114.783,25 por mês e o sistema será gerido pelo governo municipal.

    O contrato nº166/2019 firmado entre a Prefeitura e a empresa Sinalvida Dispositivos de Segurança Ltda foi publicado nesta quinta (19), no Diário da Costa do Sol, página 6.

    COMO FUNCIONA

    Os equipamentos, que estão sendo posicionados nos locais especificados pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, são um sistema de autoatendimento em que o próprio motorista opera o aparelho tanto na hora de pagar o estacionamento como para comprar créditos para estacionar. Vale ressaltar que as placas de Cabo Frio estão isentas da cobrança.

    1 - Tem tempo mínimo de estacionamento?
    O valor mínimo para recarga é de R$ 2, equivalente a 1 hora, e os créditos comprados podem ser utilizados nas vagas regulamentadas por toda a cidade. Por exemplo, com a automação do sistema é possível comprar um bilhete equivalente a 1 hora de estacionamento, utilizá-lo por 30 minutos na Praia do Forte e usufruir do tempo restante em outro bairro, como o Centro.

    2 - Quais as formas de pagamento?
    Com o sistema “Cabo Frio Rotativo”, o condutor poderá comprar créditos de estacionamento de seis maneiras: aplicativo de celular “DigiPare”, através do site “Digipare”, central de atendimento (na sede da Secretaria Mobilidade Urbana na Rua João Pessoa, 516 - Vila Nova), parquímetros, SMS (que será divulgado posteriormente) e pontos de venda, que serão os atuais controladores que estarão com máquinas para débito e crédito.

    3 - É possível pagar e renovar o tempo de estacionamento?
    Sim, em todos os seis canais de pagamento do “Cabo Frio Rotativo” é possível renovar a utilização da vaga. Exclusivamente no aplicativo DigiPare há uma função que alerta o condutor sobre o tempo restante.

    4 - Ao estacionar, tem que apertar algum botão no parquímetro ou inserir algum dado no equipamento?
    Para utilizar o parquímetro é necessário seguir as instruções na tela do equipamento, como inserir a placa do veículo, conferir o tempo solicitado e confirmar a compra do bilhete efetuando o pagamento.

    5 - O aparelho devolve algum comprovante após realizar o pagamento?
    O usuário deve efetuar o pagamento do “Cabo Frio Rotativo” em um dos seis canais disponíveis. No pagamento via parquímetro, o equipamento emite um comprovante de pagamento, que deve ser colocado no para-brisa de forma visível. Caso o pagamento seja realizado nos outros cinco canais de atendimento, não é necessário imprimir comprovante, uma vez que os fiscais de estacionamento terão a informação em tempo real de que o veículo está regularizado no “Cabo Frio Rotativo”.

    6 - No caso do aplicativo, qual é o procedimento?
    O aplicativo DigiPare está disponível nas plataformas ANDROID, IOS e Windows Fone e atende ao estacionamento rotativo de mais de 55 cidades brasileiras. Os créditos colocados através do app podem ser utilizados em todas as cidades cadastradas.

    7 - O app só serve para comprar créditos?
    Pelo aplicativo DigiPare, o usuário pode cadastrar diferentes veículos e comprar créditos para utilizar as vagas de estacionamento rotativo disponíveis. A ferramenta também oferece funções personalizadas ao usuário.

    8 - O Sistema Cabo Frio Rotativo aceita cartão?
    Todos os seis canais de pagamento do sistema Cabo Frio Rotativo aceitam cartão na função débito e crédito.

    9 - O que acontece com os antigos controladores?
    A equipe de controladores passou por treinamento para utilização do sistema, e agora eles mudam de função, serão fiscais, além de auxiliar no atendimento e dúvidas dos usuários.

    10 - Fui notificado. E agora?
    Se o condutor for notificado, pode regularizar sua situação através do aplicativo DigiPare ou em qualquer parquímetro de Cabo Frio. Entre os dias 01/01/2020 e 07/01/2020, as notificações terão caráter educativo e não punitivo. A partir do dia 08/01/2020, o usuário tem prazo de 24h para regularização através do parquímetro ou do app DigiPare.

    3 comentários:

    1. Tanta coisa errada em CF e nosso excelentíssimo prefeito gasta dinheiro com isso.
      Sem saúde, sem educação, sem segurança, sem pagamento de funcionário...
      Ah mas alguma coisa ele ganhou com isso.
      Devia Ter pego o dinheiro que recebeu do governador e quitar os funcionários, por a cidade em ordem. Não inventar moda!!!! RIDICULO. Isso pode funcionar um dia , mas não era prioridade.
      Infelizmente votei nesse senhor

      ResponderExcluir
    2. Eu também votei nele mas não sei se devo chamar de senhor pra mim ele e uma outra coisa

      ResponderExcluir
    3. Sou morador de Cabo Frio e meu carro é do RJ, como que vai ficar essa situação

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook