• Ordenamento da Praia do Forte é tema de reunião



    A Prefeitura de Cabo Frio, representado pelas secretarias de Desenvolvimento da Cidade, Meio Ambiente, Ordem Pública, Coordenadoria de Posturas e Comsercaf, promove nesta quinta-feira (17) uma reunião com Sindicato dos Ambulantes e donos de barracas e quiosques para definir as diretrizes para o ordenamento da Praia do Forte no verão 2019/2020, além da adequação ao Projeto Praia Limpa do Ministério Público Federal. O encontro vai acontecer às 16h, na sede da Ordem Pública.

    Esse é o segundo encontro e vai tratar de ações pontuais, tais como a destinação dos cocos comercializados nas areias. A ideia é que os próprios fornecedores de coco se responsabilizem pela coleta.

    O primeiro encontro sobre o tema foi realizado na segunda-feira (14), a pedido do procurador federal Leandro Mitidieri. Ficou acertado que cada barraca deverá ter uma lixeira de grande porte, além de fornecer lixeiras para cada jogo de mesas e cadeiras, fixando ainda cartazes e adesivos conscientizando sobre a importância de manter a praia limpa.

    Foi discutida também a redução do número de barracas, mesas e cadeiras que cada pessoa autorizada terá direito, além da forma de trabalho dos ambulantes.

    “Esta iniciativa do Ministério Público corrobora com a intenção da Prefeitura em concretizar o ordenamento da Praia do Forte. Cada barraca comercial ficará responsável pela limpeza do seu perímetro, sob pena de perder a concessão e os ambulantes terão que trabalhar rigorosamente dentro das normas já estabelecidas”, explicou o secretário do Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira.

    “Primeiro estamos trabalhando a conscientização dos frequentadores das praias para que cada um cuide do seu lixo, principalmente os comerciantes. Se eles lucram com sua atividade e produzem lixo como consequência, eles devem também arcar com o ônus da limpeza do espaço e da destinação correta. Nossa intenção é criar um ciclo virtuoso a partir dessa conscientização, envolvendo o poder público, que deve dar condições para que o lixo seja recolhido com maior regularidade e dar a destinação correta, evitando o acúmulo de resíduos e mantendo as praias limpas”, afirmou o procurador da República, Leandro Mitidieri.

    O Projeto Praia Limpa foi criado pelo Ministério Público Federal e tem como objetivo o combate ao lixo nas praias, com o envolvimento do Poder Público, dos donos de quiosques e ambulantes na limpeza da área que ocupam e na destinação final dos produtos que vendem.

    A Secretaria de Ordem Pública fica na Rua Governador Valadares, 326, em São Cristóvão.

    4 comentários:

    1. Todos os anos , a mesma resenha , o mesmo blá-blá-blá e a desordem na Praia do Forte, é igual . Muda nada ! O próximo assunto , please!

      ResponderExcluir
    2. MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, NÃO TEM NADA, MAIS IMPORTANTE PARA FAZER, COMO INVESTIGAR OS CONTRATOS DA CONSERCAF, DESVIOS DO FUNDEB, DO QUE FICAR DIFICULTANDO QUEM TRABALHA NA PRAIA, ESSA CIDADE DO TEM FUNCIONÁRIO PÚBLICO DE FAZ DE CONTA.

      ResponderExcluir
    3. O pior é ver essas mesmas caras e bocas mamando na teta ...

      ResponderExcluir
    4. Boa noite.
      Qual endereço do Sindicato dos Ambulantes e donos de barracas e quiosques ?

      ResponderExcluir

    Degs Game

    Degs Game

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook