• ARRAIAL DO CABO - Em Monte Alto, mais de 140 casas são demolidas. Famílias estão sem lar, relatam ausência de assitência.


    "Não sei o que vou fazer nem para onde vou."



    "Acabaram com o meu sonho ." Declara a moradora.


    Desesperado o morador ajoelha e chora ao telefone falando com a família pedindo ajuda.

    Na manhã desta quinta feira (15) por determinação da Justiça, cerca de 200 homens envolvendo Polícia Militar, BPRV, Tropa de Choque, Polícia Ambiental,  Inea realizaram a demolição de 147 casas construídas em uma área de proteção ambiental no bairro de Monte Alto, em Arraial do Cabo. 
    Moradora passa mal e precisa ser socorrida por populares.




    Os moradores foram surpreendidos no início da manhã com a notícia da operação. Muitos estavam segurando uma cópia de uma limitar, assinada pela Juíza da Comarca de Arraial do Cabo, garantindo a todos que até o dia 01 de setembro de 2019 nenhuma operação de demolição aconteceria na região, no entanto não foi isso o que aconteceu. 


    Moradores passaram mal e precisaram do apoio dos vizinhos que também perderam suas casas. Não havia ambulância no local.



    Moradores declaram que tiveram o incentivo de políticos e agora perguntam onde eles estão.

    Os moradores estavam desolados, alguns protestaram, esbravejaram tentando receber de alguém alguma resposta a respeito de seu futuro. "Queremos saber o que vamos fazer ? Cadê aqueles que nos garantiram que poderíamos ficar até que o nosso caso fosse assistido por um representante do judiciário ? Cadê o poder público de Arraial do Cabo? " Perguntavam os moradores. 

    Sem saber para onde ir com as crianças.




    Algumas pessoas desmaiaram ao assistir a demolição de suas casas e precisaram do apoio de outros moradores pois não havia ambulância no local. 




    "Isso é uma covardia. Esta invasão recebeu também o incentivo de muitos que hoje nem aparecem aqui, lembro que eles enviavam caminhões de tijolos e cimentos e agora sumiram." Declarou uma moradora.
    Moradores relatam o sofrimento 

    Faltou fiscalização por parte do poder público e agora deixaram chegar nesta situação lamentável, que em parte teve o apoio de pessoas ligadas ao poder. Agora os moradores estão se sentido abandonados sem "chão" . 

    A prefeitura de Arraial do Cabo emitiu uma nota informando que vai ajudar as famílias despejadas.

    8 comentários:

    1. Vcs acreditam mesmo que o excelentíssimo prefeito vi ajudar? Se nem assistência médica a prefeitura deu, parabéns à prefeitura e prefeito pela covardia, vcs esqueceram que tem crianças envolvidas, agora estão desalojadas sem teto em pleno inverno,pq que vcs deixaram isso chegar a esse ponto, pq vários políticos safados ainda ajudaram com material para as obras, a culpa também é da justiça que coloca o rabo entre as pernas e deixam esses absurdos acontecer. Lamentável e triste.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Quando da invasão sabiam o risco que corriam e alegam que foram incentivados por políticos com material de construção e estes sim deveriam ser responsabilizados pelo acontecimento.

        Excluir
    2. É uma covardia! O Prefeito não deveria prometer ajuda, já era para ter ajudado, antes de demolirem as casas deveriam colocar as famílias em outro lar! Como essas pessoas vão ficar nesse frio desalojadas, crianças, idosos! Isso é desumano! Eu espero que vocês algum dia passem pelo o que eles estão passando.

      ResponderExcluir
    3. Pra onde essas essas famílias com crianças vão nesse tempo chuvoso frio???















      ResponderExcluir
    4. Lamento mto por estas famílias, mas que aprendam a lição antes de invadir uma área particular ou de proteção ambiental. Quem vive na região sabe mto bem como as pessoas saem invadindo terrenos e construindo barracos para não serem "despejados".

      ResponderExcluir
    5. Está errado invadirem e a gente sabe disso. Aliás, é assim que as chamadas comunidades (ou favelas) começam. No entanto não deveriam ter permitido desde o início, pois essas pessoas moravam em outros lugares até construírem aí. O que faltou foi fiscalização. Deixar que construam, que morem, que finquem suas raízes pra depois mandar sair e demolir? Isso é realmente desumano e absurdo. É cruel e covarde. Deveriam realojar as pessoas antes de fazerem isso, até porque a época é de frio e chuvas e há crianças. Isso é ABUSO, pois dinheiro pra jogar fora com shows na cidade TEM, mas pra fazer o que realmente presta não, né? Espero que esse homem que se pinta de bom prefeito receba de Deus o que merece.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Perfeita sua colocação, a culpa e responsabilidade é total do município, deixaram acontecer agora tem q manter as familias despejadas!!!! que Deus conforte o coração dessas pessoas

        Excluir
    6. Sabemos que o ato foi cruel , pelo tanto de crianças e idosos, nesse período do ano..mas que venha agora a solução não adianta arrumar culpados ...vamos solucionar esse problema e depois responsabilizar a quem de direito.NÃO PODEMOS FAZER CARAS DE PAISAGENS
      SOLICAO6 ESSA É A PALAVRA

      ResponderExcluir

    Degs Game

    Degs Game

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook