• Prefeitura diz que Hospital da Mulher não fechou, mas CREMERJ decide pela interdição na noite de quinta (16)




    Na tarde desta quinta feira (16) mais um triste capítulo foi escrito na cidade de Cabo Frio. Conselheiros do CREMERJ estiveram no Hospital da Mulher e determinaram a interdição da unidade médica. Segundo informações, o CREMERJ em outra visita ao hospital observou a necessidade de algumas mudanças e ontem constataram que algumas não foram resolvidas, por isso chegaram a conclusão que a unidade deveria ser interditada. Vereadores e o prefeito Adriano Moreno correram para a unidade para impedir a interdição. Depois de uma reunião acalorada o prefeito falou com a imprensa afirmando que o hospital não seria fechado . Uma nota foi emitida pela prefeitura : 

    "Neste momento está sendo assinada uma carta de intenções para cumprimento das solicitações feitas pelo Cremerj – vale ressaltar que algumas já haviam sido cumpridas. Assinam a carta o prefeito Dr. Adriano, o secretário de Saúde, Márcio Mureb, um representante do legislativo e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Cabo Frio, Gelcimar Almeida. O prefeito Dr.Adriano Moreno foi pessoalmente ao local para negociar a não interdição dos serviços médicos na unidade. A carta será apresentada hoje à noite, em sessão do Cremerj, na cidade do Rio de Janeiro. Com isso, as atividades do Hospital da Mulher continua com o funcionamento normal e não terá atividades interrompidas."

    Mas no site oficial do CREMERJ a informação é que a carta de intenções foi assinada mas nada que possa garantir as mudanças de forma imediata. Segue o texto : 

    "O plenário do Cremerj recebeu, nesta quinta-feira, 16, uma carta de intenções, assinada pela prefeitura de Cabo Frio, após interdição do Cremerj no Hospital Municipal da Mulher de Cabo Frio, ocorrida no mesmo dia. O documento, no entanto, não demonstra nenhuma ação imediata nem efetiva para combater o risco de morte iminente na unidade, onde já aconteceram de janeiro a março deste ano, 16 mortes de bebês, de acordo com dados do próprio hospital.

    Diante disto, a decisão de interdição da unidade foi reiterada em plenária, na noite desta quinta-feira. Por este motivo, os médicos que atuarem no hospital, durante a vigência da interdição, incorrem em infração ética, podendo ser responsabilizados pelo Conselho.

    O Cremerj reafirma que a carta de intenções, enviada pela prefeitura, não é um documento válido e que teve o comprometimento de notificar a unidade, assim como seus gestores, sete vezes antes de interditar o local. Os avisos ocorreram desde outubro de 2018.

    O Conselho ainda destaca seu compromisso com a segurança do atendimento da população e a boa prática da medicina.


    Cabe-nos enfatizar que o Código de Ética Médica deixa claro que é VEDADO aos Médicos atenderem durante vigência da interdição e se assim o fizeram incorrerão nas seguintes infrações previstas no Código de Ética:

    Art. 17. Deixar de cumprir, salvo por motivo justo, as normas emanadas dos Conselhos Federal e Regionais de Medicina e de atender às suas requisições administrativas, intimações ou notificações no prazo determinado.

    Art. 18. Desobedecer aos acórdãos e às resoluções dos Conselhos Federal e Regionais de Medicina ou desrespeitá-los.

    Ainda, cabe-nos lembrar que ao Médico que delegar a outros profissionais atos ou atribuições exclusivas da profissão médica são punidos conforme previsto no artigo 2 do Código de Ética Medica.

    As denúncias recebidas pelo CREMERJ serão avaliadas pelo setor de Processo Ético Profissional."

    Fonte : https://www.cremerj.org.br/informes/exibe/4287

    2 comentários:

    1. o hospital esta fechado... tive lá hj msm com minha esposa.. e nao quiseram atender falando que nao tinha medico no hospital.... e os outros hospital proximo nao querem atender por conta de ser da cidade de cabo frio o pré natal

      ResponderExcluir
    2. O prefeito vai melhorar o hospital da mulher vai por pra fazer extra a famosa dr Leilane que matou três no mês de setembro .pois a mesma já tá de volta na UPA e tem desejo de matar e com certeza vai para o hospital da mulher .sem contar que o secretário de fazenda vai junto pra roubar os corpos que ela matar.pois o mesmo secretário da fazenda ,amigo e indicado por Dr Adriano já roubou 40 milhões .esse prefeito e um safado mais quero ver qdo chegar a hora da mãe dele se ela vai ser atendida por Leilane ...

      ResponderExcluir

    Degs Game

    Degs Game

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook