• MPF vai a Praia do Peró verificar se ações para proteger a Bandeira Azul são realizadas.

    Foto Rodrigo Bitencourt


    O combate ao lixo e o ordenamento das praias serão alguns dos temas do encontro marcado para esta terça-feira, às 15 horas, entre o procurador da República Leandro Mitidieri, do Ministério Público Federal (MPF) em São Pedro da Aldeia, autoridades e representantes da comunidade da Praia do Peró, em Cabo Frio. O evento, mais uma etapa do projeto “MPF Praia Limpa”, será realizado no Hotel La Plage e, logo depois, o procurador fará uma vistoria na Praia do Peró, que em novembro recebeu a Bandeira Azul, título internacional de qualidade de praias.

    -- Há algo crucial na limpeza das praias: a conscientização dos freqüentadores. O combate ao lixo envolve uma série de medidas. Estamos cobrando do Poder Público ações de limpeza e de ordenamento, em especial nessa praia tão preciosa como é a do Peró – disse o procurador, que já promoveu encontros semelhantes em Búzios e em Arraial do Cabo.

    Foram convocados para o encontro autoridades municipais e estaduais ligadas direta ou indiretamente ao ordenamento da Praia do Peró. O procurador também enviou ofício ao delegado de Cabo Frio, Sérgio Caldas, pedindo informações sobre as investigações para identificar o motorista de um bugre amarelo que arrebentou a corrente de proteção que protege a área de pedestres na orla do Peró.

    -- O objetivo do MPF Praia Limpa é promover o debate entre o MPF, autoridades públicas, movimentos sociais e demais cidadãos sobre estratégias para combate ao lixo e a ordenação das atividades na praia. São ações necessárias em municípios que têm na natureza seu maior patrimônio – acrescentou o procurador.

    3 comentários:

    1. Tem que colocar os quiosques para cumprirem obrigações pois até agora só vejo reinvindicações deles, o LIXO produzido por eles deve ser responsabilidade deles colher e acabar com os SHOWs de musica em volume alto dos quiosques, o restante cabe a Prefeitura coibir e manter em ordem. Deveriam recolher o excedente de mesas e cadeiras principalmente na areia no ato e apreender e multar pois a POSTURA passa e não enxerga e fica parecendo haver conivência.

      ResponderExcluir
    2. Sou frequentadora há anos do Peró e tenho visto que a cada ano uma degradação total e absoluta,falta uma fiscalização rigorosa que não se corrompe. Esse ano tive que disputar espaço na água com cães que nadavam em companhia dos seus donos imbecis! Inaceitável!

      ResponderExcluir
    3. Sem falar que a Cabana dos Pescadores deixa vazar esgoto nas águas limpidas do Peró e ninguém toma atitude! Revoltante!

      ResponderExcluir

    Degs Game

    Degs Game

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook