• Cabo Frio participa da Semana Nacional de Combate ao Aedes Aegypti



    Cabo Frio participa da Semana Nacional de Combate ao Aedes Aegypti, que começou no último domingo, dia 25, e se estende até a próxima sexta, dia 30, quando a população de todo o país está convocada a unir esforços para enfrentar o mosquito transmissor de doenças como dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

    O início da campanha em Cabo Frio foi marcado por uma atividade da Coordenadoria de Vigilância em Saúde do município, que realizou ação educativa com panfletagem na Praia do Forte, seguida de orientação aos pedestres. Para a coordenadora de Vigilância Ambiental em Saúde de Cabo Frio, Andreia Nogueira, a conscientização é a melhor forma para combater o Aedes Aegypti.

    “Estamos trabalhando para conscientizar a sociedade sobre como evitar o mosquito. Os danos que ele causa todos já conhecem, mas não são todos que conhecem e praticam as maneiras de evitá-lo. Vale destacar que realizamos ações como essa periodicamente, para intensificar o conceito de prevenção”, disse ela.

    Nesta quarta-feira, dia 28, a ação acontece em Tamoios, que contará com a toda a equipe da Educação em Saúde do Departamento de Vigilância Ambiental e Sanitária de Cabo Frio, além de carro “fumacê” com essência de citronela, uma vez que o repelente está proibido por lei. Agentes da Defesa Civil também vão participar da iniciativa.

    A ação será dividida em dois bairros: Unamar e Santo Antônio. As equipes vão percorrer ruas, visitar casas e o comércio. O objetivo também é localizar possíveis focos de criadouro do mosquito em casas fechadas. Além disso, também será feita a distribuição de material informativo e orientações de prevenção à população.

    As atividades da Semana Nacional de Combate ao Aedes Aegypti são uma recomendação da Sala Nacional de Coordenação e Controle (SNCC) do Ministério da Saúde, que orientou estados e municípios a realizarem atividades para instruir as comunidades sobre a importância da prevenção e do combate ao mosquito.

    No total, 210 mil unidades públicas e privadas de todo o país estão sendo mobilizadas, sendo 146 mil escolas da rede básica, 11 mil Centros de Assistência Social e 53 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS). A semana fecha com o dia D (30/11) de combate ao Aedes, com a realização de mutirões de limpeza em todos os espaços, incluindo os órgãos públicos.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook