• Acusado de homicídio declara : " Sou inocente, ele tentou me matar. O Vereador Fantinha não fez nada."

    Arthur Barreto trabalhou durante a manhã na Marina dos Pescadores normalmente nesta quarta feira (24)


    Na cidade de Arraial do Cabo não se fala em outra coisa a não ser da prisão do vereador Thiago Felix acusado de ter participado de um homicídio na Marina dos Pescadores. O acusado de ter efetuado o disparo que tirou a vida de "Willian Louco" nos concedeu uma entrevista onde teve a oportunidade de apresentar a sua versão dos fatos. Arthur Barreto é casado, tem uma filha, trabalha na Marina dos Pescadores como vigia e se diz injustiçado com o pedido de sua prisão. Como estamos em período eleitoral não pode ser preso, já que não existe flagrante, mas ele prometeu se apresentar na próxima terça feira (30).

    VOCÊ É INOCENTE ? 

    Arthur - Sou inocente. Foi legítima defesa. O que fiz foi me defender de um homem que já tinha agredido inúmeros pescadores. Estão chamando ele de pescador, mas ele nunca foi um pescador. Era um cara problemático que vivia ameaçando as pessoas e até agrediu um rapaz da Prainha com uma facada no rosto.  

    COMO TUDO ACONTECEU ? 

    Arthur - Eu peguei uma carona com o vereador Thiago Fantinha que  me deixou aqui na Marina e foi embora. Eu estava chegando para trabalhar naquela noite e fui até a balança. Esse tal de "Willian Louco" chegou me ameaçando com uma faca em punho. Eu disse pra ele ir embora, ele veio pra cima, então eu mostrei a minha arma, quando ele se aproximou com a intenção de me atacar eu fiz um disparo. Ele correu e mergulhou, só fiquei sabendo que ele morreu horas depois. Eu fui embora a pé. Estão dizendo que o Thiago me deu fuga, isso não é verdade. Ele já tinha ido embora. Foi uma covardia a prisão dele, não teve nada haver com isso. Eu me protegi, defendi a minha vida como qualquer outra pessoa faria. Quem é que ficaria esperando para ser esfaqueado ? 

    POR QUE ESTAVA ARMADO ? 

    Arthur -  No último Carnaval fui ameaçado, inclusive registrei uma ocorrência a respeito disso e nada foi investigado. Comprei uma arma pois trabalho a noite como segurança aqui na Marina dos Pescadores.  Tenho família e precisava trabalhar, só por isso. Trabalho aqui há anos e pode perguntar se por acaso já criei algum problema, todos me conhecem. Agora pergunte sobre a índole daquele cara, tem mais de 25 registros na delegacia, usuário de drogas, homicida, uma pessoa que oferecia riscos a todos. 

    NÓS ESTAMOS EM PERÍODO ELEITORAL, VOCÊ VAI SE APRESENTAR NA TERÇA FEIRA (30) ? 
    Na Marina dos Pescadores a opinião é que Arthur Barreto agiu em legítima defesa.


    Arthur - O pedido de prisão foi desnecessário. Nunca deixei de dar qualquer esclarecimentos a polícia, eles tem meus endereços, sempre estive a disposição deles. Na terça feira (30) vou acompanhado de meu advogado, pois acredito que a justiça será feita. Hoje (24) estou aqui no meu local de trabalho, com meu uniforme, executando aquilo que sou pago para fazer.  Acho que o trabalho investigativo da polícia poderia ter sido feito com mais qualidade. Minha vida está sendo destruída por causa desta situação. 

    Enquanto estávamos conversando um pescador que conhece o Arthur se aproximou e fez declarações em defesa dele : " Porque não vieram investigar quando esse Willian agrediu Gilvan com uma facada e um senhor de 75 anos? Ele nunca entrou em um barco, nunca foi pescador e olha que estou aqui há 30 anos. A testemunha que a investigação se apoia é uma pessoa que tem problemas mentais, com documentos comprovando." Finalizou Senhor Pedro da Silva Lopes. 

    O vereador Thiago Fantinha foi preso na Segunda feira (22) e agora está na Casa de Custódia, em Benfica, por força de um mandado de prisão temporário de 30 dias. 






    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook