• Novo Secretário de Esportes promete retornar com projeto para idosos no Peró, Cabo Frio.




    O projeto Atletas do Peró, que atendia a cerca de 100 idosos do bairro, vai voltar. A garantia foi dada pelo futuro Secretário de Esportes e Lazer de Cabo Frio, Flávio Rebel, durante o evento Mares Limpos, no último sábado, na Praia do Peró. Professor de Educação Física, Rebel se reuniu com alguns integrantes do grupo que participaram da trilha pela restinga. Ele passou o dia no Peró vendo as necessidades do bairro na sua área.

    -- Os Atletas do Peró terão todo o apoio da Secretaria de Esportes. Um projeto como este, assim como outros da mesma importância, não poderiam parar – garantiu Flávio Rebel, que recebeu a Carta do Peró para ser entregue ao prefeito eleito, Adriano Moreno.

    A volta do projeto Atletas do Peró é o terceiro item da Carta. A primeira é a continuidade da certificação da Praia do Peró para receber a Bandeira Azul; a segunda é a melhoria do piso e sinalização dos acessos ao Peró; a quarta o ordenamento e reforma da Praça do Moinho; e, a última, a indicação de um nome do primeiro escalão do governo para ser o ele de ligação entre a administração municipal e os Amigos do Peró, que lutam pela preservação da orla do balneário.

    -- Vamos ocupar os espaços esportivos que foram abandonados e criar cooperativas para professores de Educação Física, além de integrar os esportes e as atividades físicas em áreas públicas com as escolas. A Secretaria de Esportes sempre foi loteada de funcionários pouco comprometidos com os esportes e nunca trabalhou casada com a Educação – lamentou Rebel.

    Flavio Rebel esteve no Peró


    O projeto Atletas do Peró foi lançado pela professora Patrícia Ângelo, que era contratada pela Prefeitura. Em junho de 2016, porém, ela deixou de receber seu salário mensal. Trabalhou de graça até dezembro. Em janeiro de 2017, com o risco de paralisação do projeto, os idosos resolveram se cotizar para manter as atividades físicas no calçadão de segunda a quinta-feira e caminhada na sexta-feira. Há dois meses, contudo, a professora passou no concurso público de São Pedro da Aldeia e por isso teve que mudar de Cabo Frio e suspender o projeto na semana passada.

    -- Esta notícia é sensacional. Conseguimos apoio de empresários locais para manter o projeto, em caráter precário e com professores voluntários, a partir da próxima semana. Mas é uma situação excepcional. Os professores não podem trabalhar de graça e a maioria dos idosos não tem condições de pagar mensalidades. Este projeto não pode parar – apelou Otacílio Neto, do Amigos do Peró e um dos participantes do programa de vida saudável.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook