• Falsa juíza aliciava vítimas para falso cargo no Tribunal Federal de São Pedro. Golpe rendeu 22 mil reais.

    Falsa Juíza está sendo considerada foragida da Justiça . Polícia pede ajuda para localizá la . 

    Policiais da 126ª Dp, sob o comando do Dr. Marcello Maia, prenderam preventivamente Andréia de Paula Milhomem Amaral , denunciada pelo Ministério Público pela prática de estelionato contra um grupo de pessoas aliciadas por ela . Segundo a polícia, a suspeita atuava como a pessoa de confiança de Andréa Rosângela Marques Pinto, que se apresentava como juíza federal e que assumiria no "Tribunal Federal de São Pedro da Aldeia" um gabinete. As vítimas eram enganadas com promessas de que necessitava formar uma equipe de confiança e para isso precisava de motorista e técnicos judiciários . Para conseguir as vagas as vítimas tinham que pagar um valor pela adesão da vaga - R$ 2 mil cada um . No total foram 11 pessoas enganadas, algumas delas chegaram a abandonar emprego em estabelecimentos comerciais no Centro de Cabo Frio. Segundo a polícia, a detida também trabalhou em uma empresa no Centro de Cabo Frio. 

    A falsa Juíza, Andréa Marques Pinto, abandonou sua casa sem levar pertence algum, além disso, ela que teve sua prisão decretada está sendo considerada foragida. Não é a primeira vez que esta mulher aplica golpes, seu histórico na polícia mostra que ela já se apresentou como Pastora e aplicou um golpe de R$ 20 milhões contra fiéis de uma igreja evangélica em 5 estados do país, oferecendo carros, embarcações e até aviões que nunca foram entregues . A imagem da falsa juíza está sendo divulgada para que a população ajude a encontrá la . Quem tiver informações pode ligar para o Whatsapp da Delegacia (22) 98831 8038 ou o Disque Denúncia (21) 2253 1177.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook