• Boca do Mato, Porto do Carro e Jardim estão com clima tenso.

    Criminosos escreveram nos muros .

    Policiais estão ocupando o bairro .


    Um dia depois, o ponto de ônibus destruído .



    Hoje pela manhã, Daniel reconheceu a filha, com a irmã mais velha dela nos braços. 

    Neste momento vários comércios estão fechados nos bairros da Boca do Mato, Porto do Carro e Jardim Esperança, em Cabo Frio. O clima continua muito tenso. A prefeitura municipal de Cabo Frio contratou seguranças particulares para agirem nas UPAs do município e também nos Hospitais do Jardim Esperança e São José Operário . A mãe da Gabriele, menina de 1 ano morta, está hospitalizada em um hospital particular da cidade . Segundo informações, temerosos com uma possível invasão, houve demora no atendimento a ela, quando deu entrada ontem a noite no hospital do Jardim, então ela foi levada por uma empresa particular para o Hospital Santa Izabel. O corpo da pequena Gabrielle só foi reconhecido hoje pela manhã no IML de Cabo Frio. O pai, Daniel Teles dos Santos, pedreiro de 33 anos, levou a irmã da menina, sua filha, a pequena Eduarda de 2 anos.  
    O carro blindado, que chegou ontem em Cabo Frio, o Caveirão, vai permanecer durante todo o dia de hoje e fará operações pelos bairros do conflito .
    A empresa de telefonia esteve no local, onde o ônibus foi incendiado, para refazer as ligações danificadas pelo fogo.
    Em vários pontos do bairro a polícia mantém equipes para garantir a segurança de todos. Somente a partir das 9 horas da manhã as linhas de ônibus normalizaram o atendimento.
    Existem rumores que após o enterro da criança e do menor morto no confronto, que será a partir das 16 horas, no cemitério do Jardim Esperança, pode acontecer novas manifestações .
    Segundo informaões, criminosos bateram de porta em porta dizendo aos moradores para não saírem de casa após o sepultamento.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook