• Mal estar entre Assistência Social e Educação em Cabo Frio.



    Uma das moradoras, gestante, que se organizou para realizar o cadastro deu de frente  com o portão fechado e a informação negativa com relação ao cadastro.

    Um tremendo desconforto entre a Secretaria de Educação de Cabo Frio e a Secretaria de Assistência Social foi causado por falta de entendimento entre a direção da Escola Municipal Elza Maria Bernardo Santa Rosa ( Jardim Esperança ) e a equipe do Setor da Cesta com dignidade. Segundo funcionários que não quiseram se identificar , houve uma conversa com uma dirigente da Escola na terça feira (29), pois a diretora não se encontrava. A intenção era  utilizar uma sala onde se pudesse ligar equipamentos de informática e receber a população para realizar o cadastramento de famílias favorecidas com cestas básicas. Mas hoje pela manhã a equipe da secretaria de assistência social recebeu uma negativa da direção, informando que apenas estaria disponível para a equipe a área externa da instituição, na parte frontal da escola. Diante desta situação, acreditando ser muito arriscado montar um equipamento em local aberto, a equipe da Assistência social dispensou dezenas de moradoras. Uma delas declarou : “ Tivemos que dispensar senhoras com sondas, gestantes, mulheres com crianças no colo, isso tudo depois de ter feito uma divulgação no bairro sobre o cadastramento. Acho que na verdade isso foi uma grande implicância política.” Destacou a revoltada funcionária com relação a indisposição da direção da escola em ceder uma sala. 
    Informada sobre a situação, a Secretária da pasta, que também é filha do prefeito, Carolina Correa, decidiu procurar uma nova escola no bairro para realizar o cadastro, ainda sem data marcada .
    A direção da escola foi procurada para falar sobre o ocorrido, mas ninguém quis falar com a reportagem .

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook