• VÍDEO - Pais de alunos realizam manifestação e fecham pista em São Jacinto, nesta manhã de sexta feira (13).






    Na manhã desta sexta feira (13) pais de alunos da Escola Municipal Pedro Jotha, que fica no bairro São Jacinto, em Cabo Frio,  realizaram uma manifestação, fechando a Estrada. O motivo é a falta de professores na unidade que vem deixando alunos sem aula. 
    Na escola ainda faltam 04 professores para completar o quadro  e por isso crianças estão ficando sem aulas. 

    Segundo informações, a unidade ainda precisa de 04 professores, mas mesmo após a convocação de 500 profissionais para contratos temporários a escola não conseguiu completar o seu quadro de professores. "Tenho um filho de 9 outro de 6 que estão ficando sem aula. Até quando vamos ficar desta maneira, depois querem dizer pra gente que estas aulas serão compensadas em uma semana. Poxa vida, o prefeito pra chegar onde chegou precisou de educação, o secretário a mesma coisa, somente o povo é que sofre ficando sem educação que nós temos direito." Disse uma mãe revoltada com esta situação.
    O Secretário fez questão de explicar pessoalmente o que está acontecendo com as convocações não atendidas.


    Após a explicação os pais retiraram os galhos da pista.


    O Secretário de Educação, Alessandro Teixeira, esteve pessoalmente no local e conversou com os pais. "A Secretaria está convocando, os professores estão escolhendo outras unidades e eu não posso obrigar que venham para cá. Esta realidade é a mesma de outras unidades, que sofrem problemas pontuais. Estarei me reunindo com representantes do MP e do SEPE mostrando o que está acontecendo. Vou solicitar autorização para convocar professores que trabalharam aqui e quiserem voltar tenham esta oportunidade de trabalhar, para resolver este problema." Declarou o secretário, lembrando que chamou 500 profissionais mas apenas 23 atenderam ao chamado. Isto em função da situação financeira da cidade  e também por causa do atraso no início do ano letivo. Muitos professores conseguiram vagas na rede particular ou rede estadual, descartando a possibilidade de trabalhar como contratado na rede pública municipal.


    Os pais vão aguardar até quinta feira (19), caso a situação não se resolva, prometem realizar nova manifestação.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook