• Moradores reclamam das condições de atendimento no Hospital Otime Cardoso dos Santos .

    Mães com crianças de colo, aguardando a vez para receber a vacina, no tempo, sem proteção. No alto da foto apenas as estruturas sem telhados. 

    Esta é a recepção da pediatria de emergência. Sem proteção, o sol bate lá dentro. Não há ar condicionado.

    Após algumas reclamações, estão instalando ventiladores para amenizar o calor.

    Na recepção da emergência um aparelho quebrado há meses.

    Sem proteção,  com a recepção de vidro, pacientes aguardam atendimento com o sol queimando as costas dentro do hospital.


    Pacientes reclamam da estrutura de atendimento no Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, no bairro Jardim Esperança em Cabo Frio. Nossa reportagem foi até o local e de cara percebemos uma fila enorme para vacinação. Algumas mães com crianças de colo relataram que estavam retornando pela 3ª vez tentando receber a vacina Pentavalente ( que previne difteria, tétano, coqueluche, meningite por Haemophilus influenzae tipo b e poliomielite). Além disso o local onde se forma a fila não tem qualquer proteção contra a chuva ou sol. Existe uma estrutura de metal mas sem telhado. "Agora de manhã é mais fresco, por que o sol não bate. Vem aqui por volta de meio dia." Disse Dona Fernanda, mãe do pequeno Arthur, moradora do Jardim Peró. A situação do calor se estende para o interior do hospital. A reclamação foi confirmada pela diretoria que nos mostrou a área onde pacientes fazem nebulização. Não há ar condicionado e reparamos que os pacientes estavam claramente desconfortáveis. Há uma solicitação para instalação de ar condicionado no local, mas sem resposta ou previsão . Na recepção da pediatria estão instalando um ventilador, para amenizar o sofrimento da espera e da dor . Na outra recepção, na emergência, nem ventilador. Apenas um aparelho de ar condicionado quebrado, sem proteção contra o sol, levando funcionários e pacientes a se desmanchar com o suor.



    Resposta.: 

    Com relação as vacinas, a Secretaria informou que houve um problema de entrega para todo o estado do Rio de janeiro e que toda segunda feira a sala de vacinas é reabastecida . ( Detalhe : Nesta manhã de terça feira (03) haviam pelo menos 20 vacinas, das 48 enviadas para o hospital, disponíveis para a população, mas servidores informaram que a vacina Penta tinha acabado. Por isso muitas mães foram embora sem sucesso. A direção médica tomou conhecimento e corrigiu o erro )  Veja o vídeo com a reclamação das mães.

    Mães confirmando que receberam a informação da equipe de enfermagem que a vacina tinha acabado. Mas ainda haviam 20 doses disponíveis da vacina penta. A chefia corrigiu o erro imediatamente. 



    Com relação a falta de cobertura para proteção contra o sol e a chuva,  a Direção do Hospital informou que depende de licitação para compra de novos telhados para colocar no lugar. Também informou que não há previsão de novos aparelhos de ar condicionado, mas que os aparelhos existentes estarão, nos próximos dias, recebendo manutenção e que ventiladores serão instalados para amenizar o problema do calor nos ambientes internos.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook