• Teatro Municipal de Cabo Frio é reaberto ao público.



    A noite desta quarta-feira (28) foi marcada por espetáculos, plateia lotada e resgate da arte e da cultura em Cabo Frio. Foi reaberto ao público o Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb após processo de reestruturação das instalações do prédio. A reinauguração encerrou a programação da 28ª Semana Teixeira e Sousa, que promoveu inúmeras atividades culturais na cidade durante o mês de março.

    A solenidade de reabertura do espaço começou com a apresentação da cantora Sarah Dhy. Houve divulgação do resultado da VI Gincana de Pintura da Semana Teixeira e Sousa, além de entrega das comendas da semana do escritor cabo-friense. A melodia suave da Orquestra de Câmara, comandada pelo maestro Sérgio Gabriel, embalou o público que lotou a arquibancada do teatro.

    “Tentei ensaiar o que iria falar neste momento, mas não dá pra medir em palavras a importância da reabertura do teatro para o resgate artístico do município. Mantemos a arte viva mesmo com as portas fechadas, e este é um dos momentos mais importantes da atividade cultural de toda a região”, disse o diretor do teatro, Ítalo Luiz Moreira.

    Os alunos do Oficena - Curso Livre de Teatro abrilhantaram o palco com as peças “Tribobó City”, de Maria Clara Machado (1921- 2001) e “Médico à Força”, do dramaturgo Molière (1622- 1673). “Estamos abertos novamente, trazendo um trabalho produzido há meses. É muito suor, garra e amor à arte. Que a nossa cultura possa levar mensagens positivas e melhorar o cenário da nossa sociedade como um todo”, disse o ator Lucas Cedro.

    Já a atriz Yasmin Quintanilha falou da emoção de voltar a atuar oficialmente no palco do teatro. “O coração está batendo muito forte. É muita emoção. Foi um esforço muito grande voltar ao nosso palco. Não há palavras para descrever”, contou.

    O teatro ganhou reforço em toda a estrutura do prédio, que estava ameaçada por conta dos anos de abandono. “Pegamos um teatro totalmente destruído com vários problemas. Recuperamos a estrutura do palco, das arquibancadas, trocamos toda parte elétrica, além de recolocar os aparelhos de ar condicionado”, explicou o secretário de Cultura, Ricardo Machado.

    O prefeito Marquinho Mendes afirmou que o teatro é um retrato da reconstrução que é feita em toda o município. “O teatro é um exemplo do cenário de abandono encontrado por nós em toda a cidade. Estamos mostramos que é possível reconstruir com muito esforço e trabalho. Hoje entregamos o teatro à população para transformá-lo em arte viva”, disse o prefeito.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook