• Transporte público terá prioridade no Peró, em Cabo Frio. Estacionamento terão valores diferenciados.



    O transporte público terá prioridade no Plano de Mobilidade do Peró, que foi apresentado nesta sexta-feira pelo Secretário de Mobilidade de Cabo Frio, Mauro Branco, em reunião com moradores, comerciantes e hoteleiros do bairro. Ainda neste mês, serão instaladas cerca de 250 placas, proibitivas e indicativas, nas ruas do balneário. Será instituído o sistema de estacionamento rotativo: nas vias principais próximas à praia, será cobrado R$ 10,00 reais por dez horas. Nas vias internas, do comércio, R$ 2,00 por duas horas. Carros com placa de Cabo Frio estarão isentos da cobrança.

    Durante toda a alta temporada, agentes de trânsito, com duas motocicletas e um reboque, vão ordenar o trânsito e reprimir o estacionamento irregular. Vagas serão suprimidas e será proibida a atuação de flanelinhas explorando estacionamentos em áreas públicas e de preservação ambiental. A orla do Peró será fechada para carros já no réveillon e o embarque e desembarque de banhistas se dará pela Rua dos Badejos.

    -- O ordenamento vai priorizar a fluidez, com prioridade para o transporte público. O bairro não comporta o excesso de veículos que bloqueiam vias importantes, impedindo a passagem dos ônibus e dos moradores. Não vamos conseguir resolver todos os problemas, mas certamente não teremos o mesmo caos dos anos anteriores – garantiu Mauro Branco.

    O Secretário de Mobilidade disse que a abertura de bolsões de estacionamentos para absorver os carros dos banhistas que vão para a Praia das Conchas e Ilha do Japonês sofreu atraso (a previsão era abrir os estacionamentos no último fim de semana) por causa da reclamação de quatro moradores da Ogiva:

    -- Os bolsões vão ficar em salinas desativadas, em áreas degradadas. Por causa da reclamação de quatro pessoas, o processo será postergado, mas acreditamos que poderemos ter uma solução até o fim do ano. O Meio Ambiente vai definir os locais onde os carros poderão ficar, sem provocar qualquer dano ambiental – explicou, acrescentando que também será aberto um bolsão de estacionamento no Pontal do Peró.

    Ainda segundo o secretário, a criação dos bolsões de estacionamento já foi apresentada ao Ministério Público e ao Inea:

    -- No verão, o Peró recebe um volume de carros que absolutamente não comporta. Ou proibimos a entrada ou tentamos ordenar. Falhas vão acontecer. É um aprendizado num balneário que jamais contou com ordenamento. Vamos usar adesivos nos veículos multados para desestimular as infrações. Precisamos muito do apoio dos moradores e dos comerciantes para evitar o caos urbano no bairro – concluiu.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook