• Centro Municipal de Reabilitação inicia tratamentos, Cabo Frio.

    O Centro Municipal de Reabilitação de Cabo Frio iniciou, na quinta-feira (23), o tratamento de fisioterapia nos pacientes que já possuem cadastro no SUS e passaram por avaliação esta semana. Com capacidade para 300 pacientes mensais, o local oferece consultas com especialistas para pessoas que sofrem de diversas patologias como Acidente Vascular Encefálico, Parkinson, traumatismo craniano, lesões medulares de esclerose múltipla, distrofia muscular progressiva, síndrome de Guillain-Barré, pós-cirúrgico imediato, amputações, entre outras. O prédio, localizado no bairro Novo Portinho, foi oficialmente aberto ao público no último dia 13 de novembro, durante as comemorações dos 402 anos de Cabo Frio.


    De acordo com a coordenadora do Centro de Reabilitação, Michelle Moura, a unidade visa melhorar o atendimento aos pacientes por meio dos tratamentos, disponibilizando reabilitação física e psicológica. “O objetivo do novo Centro é trazer sempre o melhor resultado funcional ao paciente com intensidade, frequência e tempo de tratamentos coerentes com as necessidades individuais de cada pessoa. Só nessa semana a unidade vai atender 50 pessoas em avaliação e tratamento”, completou a coordenadora.

    Para a paciente Elizabeth Vidal Cunha, que buscou o serviço de fisioterapia pós-cirúrgico imediato no joelho, essa é a única alternativa para a melhoria sua qualidade de vida: “Hoje é o meu primeiro dia de tratamento e tenho certeza que minhas dores vão diminuir, e minha vida vai melhorar. Ainda manco e tenho dificuldade de fazer os serviços de casa, e até mesmo subir escada, mas com o cuidado dos profissionais vai ficar mais fácil”, disse confiante.

    Já Tatiane de Araújo iniciou o tratamento no Centro de Reabilitação em São Cristóvão há 15 dias, mas esta semana passou para a unidade do Novo Portinho. Ela foi diagnosticada com Mielopatia, uma doença caracterizada como uma disfunção da medula espinhal, causando a compressão da própria medula afetando os músculos. Animada com o início do tratamento, ela diz estar focada na recuperação. “Em pouquíssimo tempo eu já consigo colocar meus pés no chão, pois antes andava com as pontas dos pés. Sentia muitas dores e agora darei continuidade, sem faltar, para ver o resultado. Sem dúvida ganharei qualidade de vida, pois estou muito focada e a fisioterapeuta me dá muita esperança”, comemorou a paciente.

    De acordo com a fisioterapeuta Ingrid Ribas de Assis, o otimismo do paciente é muito importante para o resultado do tratamento. “Quando o paciente corresponde, nosso trabalho é facilitado. Sabemos que não é um tratamento simples, mas o que conta é o desenvolvimento e a superação. Esse é o nosso maior incentivo e não tem preço”, afirmou a profissional.




    O Centro Municipal de Reabilitação Osmane Sobral Rezende funciona de segunda à sexta das 8h às 17h e fica localizado na Henrique Terra, s/nº, Novo Portinho.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook