• Ambulantes recorrem aos vereadores, pedindo apoio para não sair das praias em Cabo Frio.

    Ambulantes de Cabo Frio foram pedir o apoio de vereadores para não sair das praias. 


    Centenas de famílias podem ficar sem o sustento, em Cabo Frio.

    Centenas de chefes de família poderão ficar sem o seu sustento. 




    Não havia espaço para tanta gente na câmara, então uma outra parte ficou do lado de fora.


    Na manhã desta quinta feira (16) cerca de 200 ambulantes que trabalham nas praias da cidade de Cabo Frio se reuniram com vereadores na câmara, afim de pedir o apoio do legislativo, para impedir a saída da praia. Segundo informações, a Secretaria de Desenvolvimento da Cidade recebeu uma determinação para a retirada de todos os ambulantes que atuam nas praias do Forte, Peró, Conchas e Ilha do Japonês. A princípio a proibição era para os ambulantes que trabalhava com a utilização de gás de cozinha, mas a determinação acabou se estendendo para toda a categoria, inclusive os vendedores de brinquedos, cangas, bonés, óculos, saladas de frutas e etc. 

    Se o ambulante sair da praia teremos centenas de famílias sem o seu sustento, comércios fechando e um caos na cidade " - Luciano Matos

    "Quando a gente monta um carrinho com botijão, somos obrigados a buscar um laudo de um engenheiro. Ele aprova a montagem. Se o engenheiro aprova, não vejo qual o problema de se trabalhar assim. Primeiro era o gás e agora se estende a toda a categoria. Se fosse por causa de um acidente, que pode ter acontecido mas graças a Deus não foi fatal, eu pergunto por que não agiram da mesma forma quando o banana boat matou uma menina. O ambulante que trabalha no verão, ralou durante todo o inverno e quando ganhamos o nosso dinheirinho investimos na cidade, trocando o carro, reformando a nossa casa, ou seja, somos um pilar para a economia de Cabo Frio. Se o ambulante for proibido de trabalhar nas praias teremos centenas de famílias sem o sustento, comércio fechando e um caos na cidade" Finalizou Luciano Matos representante da categoria.

    Aquiles e Blau Blau ouviram os ambulantes.

    Os vereadores Aquiles Barreto, Blau blau e Edilan colocaram a disposição dos ambulantes a procuradoria da câmara para buscar um entendimento com  o MP.


    "A reunião foi boa, a preocupação é pertinente já estamos na entrada do verão. Uma decisão  dessa, de retirada dos ambulantes, não poderia sair na entrada do verão. Vamos apresentar uma Ata dessa assembléia, onde todos assinaram, para reivindicar a manutenção de alguns seguimentos. Na entrada do verão existe um investimento do empreendedor, são famílias envolvidas. A sociedade depende direta ou indiretamente dos ambulantes . Eu apresentei há tempos atrás de padronização e ordenamento da praia. Hoje precisaríamos de uma PPP ( Parceria Pública Privada) para padronizar os carrinhos, uniformizar o empreendedor, dar curso e ordenar a nossa praia. Precisamos apresentar qualidade no atendimento ao cliente . Eu tive uma briga pelos responsáveis pela pasta e eles não se movimentara. Deixaram de se envolver e agora chegamos nesse empasse." Declarou o Vereador Blau Blau. 
    Os ambulantes ouviram dos vereadores que podem ficar tranquilos, por enquanto podem trabalhar nas praias normalmente, até que uma nova reunião ou comunicado seja feito e o comunicado venha através da imprensa. 

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook