• Forte São Mateus já recebeu mais de 50 mil visitantes este ano.





    Com quatro séculos de história, o Forte São Mateus, localizado no canto da Praia do Forte, mantém a tradição de ser um dos principais cartões postais de Cabo Frio. O local recebeu mais de 54 mil visitantes de janeiro até setembro, e a expectativa para esse feriado é que o número de visitantes aumente ainda mais. Durante a visita, os frequentadores podem ver as instalações, os canhões, bem como a vista paradisíaca da praia, além do acervo de fotos que contam um pouco da história do Forte que protegia o litoral brasileiro no século XVII.

    A exposição permanente conta com registros do renomado fotógrafo Wolney Teixeira. As fotos retratam o Forte nas décadas de 1940 e 1950, e mostram como era o local antes das restauração de 1957, realizada pelo professor Adail Bento Costa, conservando assim, seu aspecto original.

    O Forte também disponibiliza informações sobre a história da região através do “O Grande Cabo Frio”, um mapa que mostra a cidade a partir da fundação, em 1615, quando Cabo Frio ocupava uma área geográfica correspondente à metade de todo o Estado do Rio de Janeiro. A partir de 1619 começou o desmembramento, originando 44 novas cidades no Estado. O mapa explica, através de uma linha cronológica, como esse processo aconteceu.

    Uma das visitantes frequentes do Forte, Aparecida Siqueira, moradora de Cabo Frio, conta porque ela visita o Forte regularmente: “Venho sempre aqui porque acho esse lugar lindo. Olhar a praia e caminhar na areia me faz relaxar”, conta ela.



    De acordo com a Secretaria de Cultura, em breve uma nova exposição vai tomar conta do Forte. Essa exposição terá novo acervo e promete uma verdadeira viagem no tempo e na história do Forte São Mateus. A mostra será específica sobre a história do local, com fotos inéditas de barcos do século XVII, além de mapas cartográficos.

    De acordo com Evangelos Pagalidis, diretor do espaço, o Forte é o maior ícone histórico do município de Cabo Frio e o mais visitado também:

    “De janeiro até o final de setembro foram registradas mais de 54 mil assinaturas no livro de presença da instituição. Só nos últimos dois meses foram mais de 6 mil. Diante da importância do monumento, o Forte passará novamente por melhorias, a terceira este ano. Além da poda da vegetação em seu entorno para melhor visibilidade do patrimônio, será feita também a recuperação dos pilares, e novas correntes no acesso ao Forte serão recolocadas em breve”, conta ele.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook