• Sem energia elétrica , Escola Municipal é obrigada a suspender aulas na manhã de segunda feira (22).

    O pátio da escola estava completamente vazio. Apenas a equipe dos Serviços Gerais trabalharam para retirar as folhas derrubadas pelo vento e chuva .


    Sem aulas, sem refeições. 

    A direção da Escola Municipal Edilson Duarte foi obrigada a liberar os alunos e professores do turno da manhã, nesta segunda feira (22), suspendendo as aulas. O problema é a falta de energia elétrica no prédio da escola. Segundo informações, no domingo (21) o vigia informou ao dirigente o problema após um pico de energia que atingiu a todos os moradores da localidade. A direção entrou em contato com a Enel, para que enviasse uma equipe de emergência, o que aconteceu horas depois. O problema foi solucionado para todos os moradores ao redor da escola, mas a instituição continuava sem energia. Então, depois de muita insistência,  por parte da direção e também da Secretaria de Educação, uma equipe retornou  até o endereço para realizar novos testes. Os funcionários da concessionária foram embora informando que o problema estava resolvido, mas na verdade a escola continuava com o problema . Um eletricista, a serviço da prefeitura, foi até a escola e também fez testes afirmando que a carga elétrica não chega até a central elétrica da escola, constatando que o problema é da parte externa da rede .

    Com o freezer cheio de carnes e frangos, com medo de se perder tudo com um possível descongelamento, a direção da escola providenciou a transferência de tudo para uma escola próxima, até que a situação seja resolvida . Alguns dirigentes lembraram também que para alguns alunos, a refeição servida na escola é a única de todo o dia . 


    "As aulas da parte da manhã estão suspensas, mas acreditamos que no turno da tarde e da noite tenhamos  aulas normalmente. Até por que a concessionária precisa resolver esta situação o quanto antes.  Começamos o ano atrasado e ainda temos que suspender as aulas por causa disso!!! " Disse a diretora, Professora Palmira, lamentando toda a situação. 

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook