• Centro Especializado de Atendimento à Mulher investe em capacitação


    Unidade oferece atendimento e acompanhamento às mulheres em casos de situação de violência

    O Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), vinculado à Coordenadoria-Geral dos Direitos da Mulher (CGDM), está investindo na capacitação da equipe, formada por assistente social, advogada, psicóloga e pedagoga. Os profissionais atuam no apoio e acompanhamento de casos de situação de violência doméstica e familiar.

    Na unidade, a mulher tem acesso ao atendimento e acolhimento psicológico, social, além de orientação e encaminhamento jurídico. O objetivo da ação de orientação é prevenir futuros atos de agressão e promover a interrupção do ciclo de violência.

    "O Ceam atende, em sua maioria quase absoluta, mulheres que sofrem violência, cujos agressores são seus parceiros íntimos. O Centro oferece um atendimento diferenciado e individual de acordo com as demandas que cada mulher apresenta", explicou Tereza Tenan, coordenadora-geral.

    A Coordenadoria-Geral também firmou parceria com o Núcleo dos Direitos da Mulher (Nudem) e Vítimas de Violência de Gênero da Defensoria Pública, no Rio de Janeiro, para capacitação técnica da equipe e também para o atendimento preferencial das usuárias do Ceam.


    Capacitações dão o tom em maio

    Este mês estão previstas atividades com o objetivo de aprimorar e atualizar o atendimento à mulher vítima de violência. Na próxima sexta-feira, dia 12, será realizado treinamento interno para toda a equipe. Na ocasião, serão ministradas palestras pelas assistentes sociais Ludmila Roque e Carla Lopes, pela professora e escritora Rosana Andréia, pela coordenadora de Equidade de Gênero, Gisele Leal, e pela coordenadora do Ceam, Nilma Carneiro.

    Também participarão do evento as equipes do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e do Centros de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) de Araruama. Já no dia 24 haverá uma roda de conversa com a presença de Cristina Fernandes, coordenadora do Centro Integrado de Atendimento à Mulher (Ciam) Márcia Lyra, do município do Rio de Janeiro. Participarão do evento as equipes da Coordenadoria-Geral dos Direitos da Mulher, do Ceam e técnicas dos Cras e dos Creas.

    Além do serviço prestado pelo Ceam, a Coordenadoria-Geral vem trabalhando no esclarecimento, conscientização e exaltação do lugar da mulher na sociedade. Durante os primeiros meses de funcionamento no novo governo foram realizadas as comemorações do dia Internacional da Mulher com inúmeras atividades, palestras e oficinas. As ações aconteceram nos bairros Centro, Jardim Esperança e no Distrito de Tamoios.

    "O objetivo da Coordenadoria-Geral dar visibilidade a todas as mulheres, independentemente da etnia, credo, orientação sexual e situação sócio econômica. Por isso realizamos ações em vários espaços públicos da nossa cidade, da área urbana à rural", contou Tereza.

     O CEAM está localizado na Rua Florisbela Roza da Penha, 292, Braga, no prédio da Secretaria de Assistência Social.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook