• VÍDEO - Com a palavra : Mauro Bernardo - O descanso do Guerreiro. "Passei para a Força Nacional".




    O modo como fazia operações vai fazer falta.



    Bernardo fala de sua aposentadoria.

    Homenagem na Câmara de Vereadores.

    Capa de revista.


    Agora percebi que nunca publique uma foto com ele.  


    Ele está pendurando a farda. Considerado um dos melhores policiais, membro de uma galeria de intocáveis, Mauro Bernardo dos Santos, Subtenente, está na reserva .   Carinhosamente escolheu o nosso site para iniciar uma sequência de entrevistas falando sobre o assunto.  Muitas perguntas são feitas a respeito da ausência do policial militar a frente das operações .  
    "Estou muito tranquilo com a minha saída. Estou me aposentando da Pm, não da minha vocação e do meu dever como cidadão. Continuo andando armado com minha carteira. Se eu estiver num local onde exista pessoas precisando de minha ajuda vou reagir como se estivesse a frente do Patamo. A única diferença é que na viatura eu procurava a ocorrência e agora a ocorrência é que vai me achar ."  Destacou Bernardo que ainda elogiou os 36 anos na Pm, completos em Dezembro do ano passado, com os quais criou todos os filhos, lembrando ainda que 02 permanecem na corporação. 
    Mauro Bernardo é faixa preta de Jiu jitsu e Karatê. Formou muitos policiais, o que lhe rendeu o apelido de "Mestre" e mesmo respeitado não isentou de se envolver em polêmicas, como por exemplo uma proposta para enfrentar um lutador no tatame, valendo uma grande quantia em dinheiro, mas isso não aconteceu. Mas lembrou que com 82 kg enfrentou um lutador com mais de 140 kg. 

    O filho, Rafael Bernardo, que hoje faz parte da equipe de lutadores do UFC, representando o BOPE, comenta que muitos policiais se espelharam na conduta de Mauro Bernardo. Bernardo apontou outros policiais para ocupar esta lacuna que deixa em aberto na Pm ."No meu trabalho eu nunca esculachava o bandido ou a família dele. O bandido reconhece o bom policial. E explicava o porque da ocorrência. Quando revistava eu procurava não bagunçar a casa. Eu sei bater, mas não batia em ninguém . Eu fiz concurso para a Força Nacional, passei, se for chamado terei que embarcar no dia 15, mas estou gostando de ficar descansando um pouco. Eu quero destacar outros policiais como o Tenente Diogo, o Cristian, Meirelles,
    Farias, Garcia, Cristiano, Américo, Rafael e outros que também trabalharam comigo." Finalizou o Subtenente afirmando que não autorizou ninguém a batizar as operações como fazia em suas ocorrências . " Se usar os mesmos nomes vão ter que me indenizar por que já providenciei  o registro em meu nome." Brincou saindo dos estúdios . 
    Pra questão de informação, Mauro Bernardo falou que se por acaso entrasse para a política, seria candidato a prefeito. "Eu não vou bater na porta de ninguém para pedir nada, então teria que ser o cara que manda. Na minha gestão não teríamos greve e a prioridade seria educação." Finalizou.
    O Deputado Jair Bonsolnaro enviou uma mensagem para o policial 








    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook