• Ônibus não consegue passar na rua e deixa moradores do Peró, em Cabo Frio, sem transporte


    Por causa da falta de uma única placa de estacionamento proibido, milhares de moradores do Peró, em Cabo Frio, ficaram sem transporte público nesta sexta-feira. Os ônibus da Viação Salineira não conseguiram passar pela Rua do Moinho por causa dos carros estacionados nos dois lados da via. Inspetores da empresa foram ao local, pediram apoio aos guardas municipais da Base Integrada da Guarda Municipal e da Polícia Militar, mas os agentes alegaram que nada podiam fazer porque não havia placa proibindo o estacionamento no local.
    Mesmo depois do Carnaval, os moradores, veranistas e hoteleiros do Peró e da Ogiva continuam sofrendo com problemas de mobilidade e das irregularidades na coleta de lixo e varrição das ruas. Um dos problemas mais graves voltou a ser registrado na Avenida dos Espadartes, acesso à Ilha do Japonês, onde o acesso é controlado (e cobrado) pela Prefeitura, através da Secretaria do Meio Ambiente. A longa fila de carros de banhistas chegou até a Avenida dos Pescadores, impedindo a entrada de moradores e dos hóspedes dos hotéis do Caminho Verde.
    -- Não foi falta de aviso. Alertamos os responsáveis pela cobrança de estacionamento, mostramos o que iria acontecer. Nada foi feito e o caos está aí instalado. A intenção é somente arrecadar. O Peró é o bairro que mais gerou recursos para a Prefeitura no Carnaval, mas não houve contrapartida – lamentou Ângelo Dutra, do Porto Veleiro.
    A coleta de lixo e a varrição de ruas também enfrentam problemas no Peró mesmo depois do Carnaval. As vias de acesso às praias estão com muito lixo e a coleta domiciliar e comercial não vem sendo feita com regularidade.
    Sem transporte público, os moradores tiveram que caminhar até a padaria Janicas para embarcar nos ônibus com destino ao Centro de Cabo Frio. O ponto final também foi mudado para o local.
    Na semana anterior ao Carnaval, uma comissão de moradores do Peró esteve com o secretário de Mobilidade, Mauro Branco, e o alertou para o problema. O chefe da Guarda Municipal estava presente. Os apelos, contudo, apelos foram em vão.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook