• Burocracia irrita população no recadastramento do SUS em Cabo Frio.




    Que a cidade de Cabo Frio tinha um número de pessoas assistidas pela saúde pública, muito acima do número de habitantes, isso ninguém discute. Há indícios de moradores de Arraial, São Pedro e Búzios que vem até a cidade fazer consultas e exames onerando os cofres. Fazer o recadastramento é um procedimento natural, pois inclusive outras cidades também o fizeram . Mas o que se discute é a forma como tudo está sendo realizado . "Eu estive no posto de saúde de meu bairro, me deram uma declaração. Mandaram eu ir até a Ouvidoria onde peguei outra declaração, então vim até o HCE a procura de uma senha para tentar fazer o recadastramento. Quando cheguei, as 8 horas da manhã, não tinha mais. Ou seja, depois de encarar toda esta maratona, ainda não consegui fazer ." Disse uma moradora do bairro Guarani.
    Muitas pessoas estão reclamando desta burocracia, mas ao conversar com os responsáveis pelo recadastramento no HCE, a responsável informou que está levando em consideração tudo isso e então afirmou que :
    - Filhos de até 24 anos não precisam de declaração da Ouvidoria, podem comparecer direto com os documentos originais dos pais;
    - Pessoas casadas e que não tenham documentos em seu nome, sem certidão de casamento, podem levar a certidão de nascimento dos filhos ;
    - Devem comparecer a Ouvidoria apenas aqueles que não tem contas em seus nomes ( Por exemplo chegaram a pouco tempo na cidade para morar );
    - Pessoas que são responsáveis por idosos, bastam levar os documentos do paciente no HCE .
    Estas informações são da forma como o HCE está trabalhando neste assunto . Em outros locais podem ser diferentes, mas a burocracia irrita a todos que procuram fazer o recadastramento.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook