• Temporada de flamingos na Lagoa de Araruama.



    Eles vão passar o verão na Região dos Lagos, mas não vão enfrentar os engarrafamentos da BR-101. Fugindo do inverno rigoroso, Flamingos-chilenos estão dando um colorido diferente na Lagoa de Araruama (Praia Seca e Monte Alto), em Arraial do Cabo, e na Lagoa da Ogiva, no Peró, em Cabo Frio.

    Segundo o biólogo Eduardo Pimenta, que fotografou vários flamingos nesta semana, eles começam a chegar em dezembro e retornam para o Chile em abril. Alimentam-se de invertebrados e algas. É preciso cautela na contemplação porque a proximidade humana, segundo o biólogo, não é boa para as aves, pois pode alterar seu ciclo de vida.

    -- Eles estão sempre por aqui, mas ultimamente têm vindo em quantidade maior. Na temporada na Região dos Lagos, eles revitalizam as energias, trocam as penas e se preparam para a jornada de volta. E nos oferecem um belo espetáculo, principalmente quando voam – diz o biólogo, que também é coordenador de Meio Ambiente de Cabo Frio.

    Os flamingos são aves de hábitos migratórios que podem voar até 500 quilômetros por dia em busca de alimento. No seu habitat de origem, o Chile, vivem em grandes colônias, que podem chegar de três a seis mil pares. Atingem a maturidade sexual entre teres e seis anos e podem viver longos períodos em vida livre (33 anos em média). 

    A substância caroteno, presente nos invertebrados, é responsável pela coloração rosada dos Flamingos-chilenos. Por isso eles também são conhecidos como Flamingos dor-de-rosa.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook