• JUTRA abre inscrições para submissão de trabalhos.




    Estudantes universitários e de cursos de especialização em diversas áreas do conhecimento, bem como advogados brasileiros e portugueses devidamente inscritos em seus órgãos de classe, têm a oportunidade de apresentar artigos no XIII Encontro Luso-brasileiro de Juristas do Trabalho (JUTRA), que será realizado no campus Cabo Frio da Universidade Veiga de Almeida, nos dias 6 e 7 de abril. Os interessados devem enviar os trabalhos para submissão até o dia 6 de março, pelo e-mail jutra2017gt@gmail.com.

    O artigo deve ser inédito e possuir aderência em uma das três temáticas dos grupos de trabalho propostas: Direitos Humanos, trabalho e escravidão: o cenário nacional e/ou internacional; Trabalho decente e proteção à saúde integral; Neoliberalismo e os projetos de precarização e resistência. A comissão organizadora classificará dez trabalhos em cada temática, levando em conta critérios como clareza, originalidade, pertinência e relevância temáticas, além da contribuição científica. Contribuições de áreas como Serviço Social, Psicologia e Comunicação Social, além do Direito, serão acolhidas.

    A apresentação oral, de 10 a 15 minutos, ocorrerá no dia 7, das 9h às 12h, entre os participantes do grupo temático. Os trabalhos podem ter mais de um autor, que precisam estar inscritos no evento, e devem apresentar pesquisas teóricas ou teórico-empíricas, concluídas ou em andamento (resultados parciais). Para trabalhos em coautoria, será obrigatória a presença de apenas um expositor, porém todos devem estar inscritos no evento.

    Para o coordenador geral dos grupos de trabalho, professor Álvaro Maciel, do curso de Direito da UVA, o compartilhamento de informações, saberes e ideias que contribuam para as boas práticas são fundamentais para o desenvolvimento da sociedade, ainda mais num momento como o que o Brasil vive, quando reformulações profundas nos direitos trabalhistas estão em cheque. “O trabalho e o pós-trabalho estão no cerne da sociedade e o debate de assuntos relacionados é extremamente pertinente”, destaca o professor.


    JUTRA

    O tema “Trabalho, castigo e escravidão. Passado ou futuro?” dará o tom das discussões do 13º encontro da JUTRA, que terá profissionais renomados do Brasil e Portugal nas mesas de debate. O ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST/DF), Alexandre Agra Belmonte, está entre os palestrantes. O evento tem início na quinta-feira, dia 6, às 9h, no auditório principal da Veiga. 

    Previdência e seguridade social, contrato social, o empoderamento por meio dos movimentos sindicais e imposição e submissão ao capital mundial fazem parte das mesas de debates. As discussões contarão com a participação de juristas brasileiros e portugueses.

    Para a doutora Benizete Ramos de Medeiros, presidente da Associação Luso-Brasileira de Juristas do Trabalho (JUTRA) e professora do curso de Direito da Universidade Veiga de Almeida, o encontro tem um relevo especial na atual conjuntura do país, onde as propostas são de supressão de direitos sociais com prejuízos a toda classe trabalhadora, especialmente as mais pobres. “Sendo assim, tais debates enriquecerão propostas que serão encaminhadas às diversas entidades governamentais”, enfatiza a professora.

    A programação completa, as inscrições e o edital estão disponíveis no http://jutra2017.wixsite.com/xiiiencontrojutra. Alunos de cursos de graduação receberão 60 horas de atividades complementares. 

    O evento conta com o apoio institucional da Universidade Veiga de Almeida (UVA), Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Rio de Janeiro (OAB/RJ), Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (ABRAT), Associação Carioca de Advogados Trabalhistas (ACAT) e Associação Fluminense de Advogados Trabalhistas (AFAT).

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook