• Presidente da Câmara convoca segunda sessão extraordinária para votar nova estrutura no funcionalismo.



    No final da sessão extraordinária, que aconteceu na última quinta-feira (12), o presidente da casa, Ayron Freixo, convocou outra sessão extraordinária, que foi realizada na manhã de sexta (13), para votar a nova estrutura da casa, extinguindo e criando cargos; além de decretar emergência financeira e efetivar a apreciação do caso do concurso público, que será feita por meio de uma comissão. 

    O projeto de lei 001/17, que permite a criação de cargos por prazo temporário para suprir as atividades rotineiras da Câmara, foi votado para regularizar funções como chefe de gabinete do presidente da Câmara; secretário geral; controle interno e diretor de tesouraria. Os vereadores Eliton Porto e Edilmar Silva votaram contra, mas o projeto foi aprovado pelos demais.

    A votação do decreto de emergência financeira foi aprovada por todos com discussão de Eliton Porto e Edilmar Silva. Já a comissão para analisar a situação do concurso público da Câmara Municipal foi aprovada sem discussão e será composta por três vereadores: Sppencer Cardoso, Cleyton Barreto e Alexandre Barreto. 



    No final da sessão, Sppencer Cardoso se manifestou contra o aumento da passagem na empresa de transporte Salineira. De acordo com ele, a passagem não pode aumentar em 13% enquanto o salário mínimo só terá pouco mais de 6% de aumento. Para o caso, o vereador propôs uma moção de repudio, que voltará a ser discutida quando começarem as sessões ordinárias, no dia 16 de fevereiro.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook