• Prefeito de Cabo Frio assina decreto de Estado de Emergência Financeira

    O prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes, assinou nesta segunda-feira (2) um decreto de Estado de Emergência Financeira e Administrativa no município. O objetivo é acelerar a compra de materiais básicos para as áreas de Saúde, Educação, Segurança Pública e Assistência Social.

    "Encontramos os hospitais e as repartições públicas em um estado deplorável. Há muito a ser feito, mas com empenho vamos colocar a casa em ordem", disse o prefeito ao assinar o documento.

    Limpeza na sede da Prefeitura
    Nesta segunda, servidores municipais precisaram atuar na limpeza das repartições públicas. Algumas salas foram encontradas em situação precária e com muita sujeira pela nova equipe de governo. Um levantamento completo da situação encontrada está sendo feito e será encaminhado ao Ministério Público e demais órgãos competentes.

    Mudança nas unidades de saúde
    A Secretaria de Saúde de Cabo Frio iniciou uma reorganização do atendimento de emergência. O objetivo é tornar as unidades mais eficientes. Com isso, o pronto atendimento emergencial está sendo realizado na UPA, que é uma unidade voltada para emergências de baixa e média complexidade. Casos mais graves, ou seja, de pacientes que chegam em ambulâncias ou são encaminhados por outras unidades, estão sendo atendidos no Hospital Central de Emergência, que é uma unidade voltada para casos de alta complexidade. As internações estão sendo feitas no Hospital São José Operário e no Hospital do Jardim Esperança. O mesmo vale para o Segundo Distrito, onde o pronto atendimento é realizado na UPA (baixa e média complexidade) e casos mais graves são encaminhados para o Hospital de Tamoios (alta complexidade).

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5 6

    Q Onda Moda Praia

    Facebook