• VÍDEOS- Buscas pelo corpo de criança, na Praia do Forte, reiniciaram nesta segunda feira (05).




    A lancha foi apreendida e levada para a Capitania dos Portos.



    Na manhã de hoje (05), homens do Corpo Bombeiros e da Capitania dos Portos retomaram as buscas pelo corpo da menina morta por uma lancha na Praia do Forte, em Cabo Frio, no último sábado (03). A vítima estava com amigos e familiares em um Banana Boat quando caiu e foi atingida pela hélice do motor de uma lancha. Outras duas pessoas também foram atingidas e socorridas. Elas foram levadas para o HCE de São Cristovão. A cena foi tão forte que até mesmo aqueles que são preparados para salvar vidas não resistiram e sucumbiram a tragédia. Dois bombeiros, que participaram do salvamento,  estão recebendo tratamento psicológico por causa do episódio.  O piloto do lancha, homem de 67 anos,  foi autuado por homicídio culposo e lesão corporal  grave. Chegou a ficar preso, mas pagou fiança e vai responder em liberdade . O exame para verificar a ingestão de álcool deu negativo.
    Alguns bombeiros mais experientes acreditam que o corpo deverá ser encontrado em no máximo 02 dias. " Quando a pessoa morre afogada ela ingere água e o corpo afunda. A tragédia com a criança foi um caso semelhante. O organismo dela deve ter permitido que a água entrasse. A partir de 02 dias , no fundo do mar, formam -se gases e faz com que a vítima flutue reaparecendo." Explicou um bombeiro, informando também que a correnteza pode ajudar, já que no dia do acidente a corrente era sul e nesta manhã é norte. 
    Os bombeiros estão utilizando lanchas, motos aquáticas, lanchas, mergulhadores e até mesmo um drone capaz de visualizar uma área de até 1 km. 

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook