• Sobram vagas para consultas com clínico geral e especialistas no PAM em Cabo Frio


    Resultado positivo é consequência do novo sistema da Central de Marcação

    Desde que o novo sistema de marcação de consultas foi implantado, há quatro meses, a Central de Marcação de Consultas de Cabo Frio já apresentou  diversas melhorias. Com a principal mudança, em que a primeira consulta deve ser sempre com um clínico-geral, os resultados positivos estão cada vez mais visíveis.

    Os moradores que procuram a central para marcar a primeira consulta não saem de lá sem conseguir agendar seu horário. Isso porque, a Prefeitura Municipal de Cabo Frio investiu na contratação de médicos generalistas para atender a população e atualmente, o PAM conta com 18 médicos clínicos gerais. Com isso, há uma oferta de vagas bem maior do que a demanda. Durante a semana são oferecidas 560 vagas para atendimento com um clínico-geral e, desse total, em média, são ocupadas cerca de 70% das vagas.

     - Se uma pessoa tem necessidade de se consultar com um clínico-geral, não há necessidade de vir para a central durante a madrugada. A qualquer hora do dia haverá vaga suficiente para atender a população. Toda semana sobra vaga para clínico-geral, afirma a coordenadora da central, Bruna Durães.

    A implantação do primeiro atendimento com um generalista também gerou reflexos positivos na oferta de vagas de diversas especialidades, que passaram a necessitar de encaminhamento do clínico-geral. Segundo o diretor do PAM, Antonio Marcos Durães, antes da mudança, muitas consultas com especialistas eram marcadas sem que a pessoa realmente necessitasse daquele tipo de atendimento.

    - Uma dor na coluna, por exemplo, pode ter diversas causas, que não necessariamente tenham que ser tratadas por um ortopedista. E a pessoa, que é leiga no assunto, marcava direto a consulta com o ortopedista. Agora, na primeira consulta, o clínico geral encaminha o paciente para o especialista que realmente tratará do problema, afirmou o diretor.

    Especialidades como gastroenterologia e angiologia também oferecem uma grande quantidade de vagas de atendimento: 80 consultas por semana para cada uma dessas especialidades.

    Na área da Cardiologia são disponibilizadas 250 consultas semanais, das quais, cerca de 150 são utilizadas. Para Otorrinolaringologia, onde atuam quatro profissionais, existem semanalmente 105 vagas, cujo percentual de sobra chega a 60%.

    E ainda a Nefrologia, que possui pouca procura para os 20 atendimentos semanais. Além da Urologia, que conta com quatro médicos, ofertando 130 vagas por semana.

    A coordenadora da Central de Marcação de Consultas afirma que existem problemas pontuais em algumas especialidades, que tem a oferta de vagas diminuída devido a férias e licenças de alguns servidores. Para outras especialidades onde as vagas ainda são poucas, a Secretaria Municipal de Saúde de Cabo Frio informa que está trabalhando na contratação de outros profissionais para que esses problemas sejam solucionados.

    A Central de Marcação de Consultas funciona de meia-noite de segunda-feira às 22h de quinta-feira.

    Patrocinadores

    1 2 3 4 5

    Q Onda Moda Praia

    Facebook